Header Ads

Vasco empata com o Vitória no Maracanã


O Vasco da Gama cumpriu seu compromisso diante do Vitória, neste domingo (05/11), no gramado do Maracanã, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Gigante da Colina empatou com o adversário, em 1 a 1, e teve seu gol marcado pelo zagueiro Breno. O próximo desafio do Cruzmaltino na competição nacional será diante do Santos, nesta quarta-feira (08), na Vila Belmiro, às 21h45.

O JOGO
Contando com o apoio de seu torcedor, foi o Vasco quem tomou a iniciativa no duelo. Logo aos seis minutos da primeira etapa, Nenê acionou Pikachu pela direita. O vascaíno cruzou para Luis Fabiano, mas a zaga do Vitória afastou o perigo. Não demorou muito para que o Cruzmaltino abrisse o marcador e levantasse o Maracanã. Aos nove, após falta sofrida pelo Fabuloso, Nenê cobrou e Breno se antecipou para cabecear no fundo da rede: Vasco 1 x 0.

O Gigante da Colina não parou quando alcançou a vantagem no placar e seguiu buscando ampliar o resultado. Aos 13, Nenê levantou para Pikachu, que tentou o cruzamento mas viu a bola explodir na defesa rubro-negra. Logo em seguida, o time de São Januário trocou passes na grande área do adversário e a redonda sobrou nos pés de Mateus Vital. O camisa 10 arriscou o chute, que acabou desviando na defesa e parando nas mãos do goleiro Fernando Miguel.

Aos 22 minutos, foi a vez do Vitória ameaçar a meta vascaína. Patric recebeu pela direita, cruzou e Yago chegou finalizando, mas a bola explodiu na defesa cruzmaltina. Na sequência, Tréllez recebeu em velocidade, passou por Martín Silva, mas a redonda correu demais. O atacante adversário impediu que a bola saísse para tiro de meta e cruzou, mas a zaga do Vasco apareceu para afastar.

Na volta para a segunda etapa da partida, foi o Vitória quem chegou com perigo primeiro. Aos 17 minutos, a equipe baiana encontrou duas oportunidades de cruzar a bola na área, mas a defesa vascaína se posicionou bem para afastar. Mais tarde, quando o cronômetro marcava 26, Andrés Ríos recebeu de Nenê na entrada da grande área, bateu colocado e a bola explodiu na trave. Na sequência, o próprio Nenê tentou o rebote, mas o bandeirinha marcou impedimento.

Aos 30, o Vitória levantou uma bola, com Juninho, e André Lima apareceu para cabecear para fora. A resposta vascaína veio no contra-ataque. Nenê recebeu pelo meio e abriu para Paulinho, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Aos 40, mais uma investida vascaína, desta vez com Mateus Vital. O camisa 10 deu passe para Jean, Ríos ficou com a bola, fez um belo giro, mas acabou desarmado pela defesa. Aos 46, Patric cruzou e André Lima finalizou: Vitória 1 a 1.



Com site oficial do Vasco



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.