Header Ads

Cunha prepara filha para concorrer a uma vaga na Câmara em 2018


Condenado a 14 anos e seis meses de prisão na operação Lava Jato, acusado nos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, Eduardo Cunha tem se dedicado a preparar a filha, a publicitária Danielle Dytz da Cunha, para concorrer a uma vaga na Câmara Federal, no próximo ano.

De acordo com informações do blog de Gerson Camarotti, no portal G1, o objetivo é fazê-la ocupar o lugar deixado pelo político. A ideia, conforme interlocutores, começou a ser articulada logo após a cassação de Cunha, em setembro de 2016.

Amigos do ex-presidente da Câmara já começam a observar a desenvoltura de Danielle nas redes sociais, adotando uma postura semelhante à do pai. Quando ele foi eleito, inclusive, ela passou a circular nos corredores da Casa e chegou a ganhar algumas contas de deputados para fazer assessoria e divulgação dos mandatos. Depois, com a queda do político, perdeu os trabalhos.

Atualmente, Eduardo Cunha está preso preventivamente no Complexo-Médico Penal (CMP), na região metropolitana de Curitiba. Ele é acusado de receber 1,3 milhão de francos suíços em propina em um contrato para exploração da Petrobras no campo de petróleo no Benin, na África.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.