Header Ads

Lula perde ação que pedia indenização de R$ 1 milhão por power point de Deltan


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva perdeu em primeira instância a ação que moveu contra o procurador Deltan Dallagnol, um dos porta-vozes da Lava-Jato. O petista o processou por danos morais decorrentes da apresentação de um gráfico, em power point, no qual foi apresentado como comandante máximo de um esquema criminoso que envolveu a Petrobras. As informações foram publicadas pelo jornal O Globo.

Segundo a publicação, o juiz da 5ª Vara Cível de São Bernardo do Campo, Carlo Mazza Britto Melfi, julgou a ação improcedente. Lula pedia indenização de R$ 1 milhão pelo abalo causado à sua imagem e violação do princípio de presunção de inocência.

A apresentação do power point por Dallagnol foi feita em setembro de 2016, quando o procurador divulgou a denúncia contra Lula no caso do tríplex do Guaruja. O ex-presidente foi condenado a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. Cabe recurso à segunda instância e a defesa do ex-presidente informou que vai recorrer da decisão.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.