Header Ads

Policiais civis apreendem adolescente investigado por estuprar a sobrinha de cinco anos

Foto: Divulgação / Assessoria de Imprensa da PC-AM
A equipe de investigação da Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), sob o comando da delegada Elizabeth de Paula, titular da unidade policial, cumpriu na manhã desta sexta-feira (1º/12), por volta das 11h, mandado de busca e apreensão por estupro de vulnerável em nome de um adolescente de 16 anos. O fato ocorreu no bairro Novo Aleixo, zona norte da capital.

Conforme a autoridade policial, a equipe apreendeu o adolescente após um familiar dele formalizar Boletim de Ocorrência (BO) na especializada no dia 12 de setembro deste ano. Na ocasião, a declarante informou que o filho dela havia presenciado o adolescente esfregar o órgão genital dele na sobrinha, uma criança de cinco anos. Um dos atos libidinosos teria ocorrido no dia 28 de junho deste ano, na residência da vítima.

“A vítima nos informou que o adolescente chegou a esfregar o órgão genital nas partes íntimas dela pelo menos seis vezes. Embora o exame de conjunção carnal realizado no Instituto Médio Legal (IML) não tenha dado positivo, levei o caso à Justiça. No dia 29 de setembro deste ano a juíza Tânia Mara Granito, da Vara do Juizado Infracional da Infância e da Juventude, expediu mandando de busca e apreensão em nome do menor infrator pela periculosidade dos fatos”, explicou a delegada.

Elizabeth de Paula ressaltou, ainda, que o adolescente confessou que teria tocado as partes íntimas da sobrinha dele. Ele irá responder por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável. Ao término dos trâmites cabíveis na Deaai, ele será encaminhado à Unidade de Internação Provisória (UIP), situada na Avenida Desembargador João Machado, bairro Alvorada, zona centro-oeste da cidade.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.