Header Ads

Núcleo de Acesso ao Crédito da Fieam inicia cadastro de empresários


O Núcleo de Acesso ao Crédito (NAC) da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) inicia suas atividades neste mês, priorizando o cadastro de empresários. O programa tem o objetivo de facilitar financiamentos a Micros, Pequenos e Médios empresários do Amazonas, interessados em atuar no mercado internacional.

Quem tiver interesse em participar do projeto deverá procurar a equipe do Centro Internacional de Negócios (CIN-AM) da Fieam, responsável por gerenciar o programa. O Centro atende no horário de 8h às 17h, no térreo da prédio da federação, localizado na Rua Joaquim Nabuco, no Centro de Manaus.

De iniciativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a Fieam está implementando pela primeira vez o NAC no Amazonas através do seu Centro Internacional de Negócios. O programa já funciona em outras regiões do país como Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

O gerente do CIN-AM, Marcelo Lima, afirma que o NAC tem dando certo em outros estados e espera ter os mesmos resultados positivos no Amazonas. “A crise acabou tirando os recursos das micro e pequenas empresas. Este programa chega para dá suporte a esses empresários que precisam investir em seus negócios e estão sem recursos”, aponta Marcelo.

Marcelo também destaca o fato do programa gerar financiamentos com condições especiais no crédito para investimento físico e capital de giro para as Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs).

Rodadas de Crédito

Durante as ‘rodadas de crédito’ os bancos farão as apresentações das linhas de financiamento que serão disponibilizadas para os empresários e também mostrarão as condições especiais nos encargos financeiros.

Os bancos irão fornecer um check-list com todos os requisitos necessários para as empresas que desejarem o financiamento. Marcelo diz que o NAC será o canal entre essas empresas e o banco e que serão prestadas todas as orientações necessárias.

“Vamos checar se as informações então em conformidade com o que foi solicitado pelo banco, assim, o empresário não vai precisar ficar perdendo tempo com informações incorretas”, assegura.

Assessoramento

O CIN também será o responsável por fazer a divulgação do NAC e mobilizar as empresas que precisam deste crédito. A expectativa é atender, inicialmente, 40 empresas com o assessoramento. “Através de material informativo, muita divulgação, a realização de workshops e seminários voltados para a gestão financeira além da parceria com os sindicatos patronais, iremos atingir o nosso público alvo”, relata o gerente do CIN-AM.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.