Header Ads

CERTIFICAÇÃO - Distritos de Saúde superam metas no Programa Bolsa Família


A Prefeitura de Manaus realizou nesta terça-feira, 30/1, à tarde, a entrega de certificados aos representantes dos cinco Distritos de Saúde (Disas) Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural, e aos membros da coordenação municipal do Programa Bolsa Família (PBF), pela cobertura alcançada em mais de 80% junto às famílias beneficiadas pelo PBF. O evento ocorreu no auditório Deodato de Miranda Leão, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), na avenida Mário Ypiranga Monteiro, Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, e contou com a participação de profissionais, servidores e usuários da rede pública de saúde.

A Coordenadoria das Ações de Saúde Nutricional do Departamento de Atenção Primária (DAP/Semsa), com base no fechamento da segunda vigência de 2017, informou que a meta, para o segundo semestre de 2017 das unidades de saúde pertencentes aos cinco Distritos da Semsa, era acompanhar 80% das 90 mil famílias beneficiadas pelo Programa e vinculadas a uma Unidade Básica de Saúde. Entretanto, todos os Distritos superaram a meta, com resultados entre 80,7% e 98,2%, com um total de 77 mil famílias beneficiárias do programa, de acordo com dados do Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família, consolidados no início deste mês.

O secretário da Semsa, Marcelo Magaldi, informou que Manaus é responsável por mais de 30% das famílias que recebem o benefício em todo o estado. “A superação da meta de cobertura do programa pela Semsa contribuiu para que o Amazonas alcançasse o primeiro lugar em acompanhamento das condicionalidades de saúde do Programa” destacou Magaldi, ao parabenizar as equipes de saúde pela dedicação para o alcance dos excelentes índices percentuais.

Durante a entrega dos certificados, a coordenadora do programa, nutricionista Tânia Batista, explicou que os resultados obtidos é consequência do empenho das equipes dos Disas que, desde 2015, vêm aprimorando os processos de trabalho, melhorando a identificação e o registro das informações e ampliando o acesso dos beneficiários aos serviços de saúde.

De acordo com Tânia, a vinculação do Programa Bolsa Família ao Programa de Nutrição Infantil Leite do Meu Filho também contribuiu para a superação da meta estabelecida, uma vez que as crianças precisam realizar acompanhamento trimestral do crescimento e desenvolvimento.

O acompanhamento do Programa Bolsa Família é um dos 23 indicadores prioritários nas ações da Semsa e tem como foco central o estado nutricional, a imunização e o pré-natal. Os percentuais de acompanhamento das famílias por Disas foram: Disa Sul – 98,24%; Disa Rural – 92,86%; Disa Norte – 84,99%; Disa Oeste – 84,97% e Disa Leste – 80, 74%.

Leite do Meu Filho
Além de garantir o acompanhamento de saúde dos beneficiários do Programa Bolsa Família, a Semsa em 2011, instituiu o Programa Leite do Meu Filho para atender as crianças em situação de vulnerabilidade social cadastradas no Programa Bolsa Família, com até cinco anos de idade. Atualmente, o programa possui, aproximadamente, 25 mil crianças cadastradas. As crianças com menos de um ano de idade precisam apresentar a prescrição do profissional de saúde informando qual a razão médica para que recebam a fórmula infantil. Também são atendidas crianças menores de seis meses de idade em caso de óbito materno ou quando a mãe é portadora do vírus HIV e não pode amamentar.

As famílias com crianças menores de seis meses cadastradas no programa recebem 12 latas de leite por mês. Para as demais faixas-etárias são disponibilizadas quatro latas/mês. O programa beneficia a criança por garantir a oferta de produto lácteo contendo proteínas, cálcio, vitaminas e minerais, indispensáveis para a nutrição infantil.



Foto: Marinho Ramos / Semcom


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.