Header Ads

Manaus FC busca vitória sobre Remo em jogo histórico na Copa Verde 2018


Novato, mas cheio de ambição e vontade de fazer história no futebol da Região Norte. É assim que o Manaus FC entra em campo contra o Clube do Remo nesta quarta-feira, a partir das 20h, na Arena da Amazônia, em duelo válido pela ida da primeira fase da Copa Verde 2018.

Atual campeão estadual, o Gavião do Norte quer voar no cenário nacional a partir da janela de oportunidades que se abre por meio da competição regional. O duelo contra o tradicional clube paraense é o primeiro desafio interestadual oficial do Manaus FC em sua curta história – a fundação do Manaus FC se deu no dia 5 de maio de 2013.

“Essa partida tem um gostinho especial para nós da diretoria porque é nosso primeiro jogo interestadual. Queremos vencer o Remo, com todo o respeito ao adversário, e começar uma nova história no futebol da Região Norte. Convocamos os torcedores de outros clubes do Estado para a Arena, pois o Manaus FC é o Amazonas na Copa Verde”, enfatizou o presidente Giovanni Silva.

O retrospecto do confronto entre Amazonas e Pará na Copa Verde é totalmente favorável aos visitantes. Em 14 partidas, o Estado vizinho tem nove vitórias – são cinco empates no duelo.

Para o técnico Wladimir Araújo, que assumiu o Gavião em dezembro, o fator casa e a experiência do grupo de jogadores são alguns dos pontos positivos de sua equipe. O time vem de uma vitória por 1 a 0 sobre o Nacional e um empate por 3 a 3 diante do CDC Manicoré no Amazonense de 2018.

“Depois do jogo contra o CDC Manicoré, o trabalho praticamente foi só recuperar os atletas e hoje (terça) fizemos um trabalho mais tático, de posicionamento. A expectativa para a partida é muito grande e contamos com o apoio do nosso torcedor para buscar essa vitória”, comentou o comandante do Gavião após o treino de reconhecimento da Arena na tarde desta terça-feira, 30.

O técnico vem mantendo uma filosofia de jogo desde a pré-temporada, que incluiu jogos-treino e um amistoso. Para a partida desta quarta-feira, o Manaus FC promove a volta do zagueiro Deurick no lugar de William Thuram. Outro que volta a atuar é o lateral-esquerdo Zadda – o titular do último jogo, Negueba, ainda se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda.

O atacante Rossini, que teve uma passagem vitoriosa pelo Paysandu, sabe a dificuldade que é enfrentar o adversário. Entretanto, o camisa 11 do Gavião do Norte acredita na força do time na Arena da Amazônia.

“Graças a Deus tive uma passagem vitoriosa no Paysandu, sendo campeão. Já enfrentei o Remo várias vezes, graças a Deus obtive várias vitórias e agora num novo clube, que é o Manaus FC, espero fazer uma boa partida e sair do estádio com uma vitória”, disse Rossini, revelado na base do Santos.

Se não houver surpresas na escalação, Wladimir Araújo entrará em campo com Jonathan, Tiago Granja, Deurick, Paulão e Zadda; Panda, Juninho, Cleitinho e Hamilton; Rossini e Nena.

Ingressos
Os bilhetes para a partida custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia). Serão vendidos nesta quarta-feira, das 8h às 20, na bilheteria da Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira (avenida Constantino Nery).



Foto: Raiana Barreto




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.