Header Ads

Polícia Civil prende prático com 13 kg de maconha do tipo skunk no bairro Gilberto Mestrinho


A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), sob o comando do delegado Paulo Mavignier, diretor da unidade policial, prendeu em flagrante, na manhã desta terça-feira (30/01), por volta das 11h, o prático Luciano dos Santos Rodrigues, 44, por tráfico de drogas. O fato ocorreu na casa onde o infrator morava, situada na rua Filadélfia, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste da cidade. Na ocasião, o homem estava em posse de 13 quilos de maconha do tipo skunk, avaliados em R$ 65 mil.

De acordo com a autoridade policial, a prisão ocorreu em desdobramento a trabalhos investigativos em torno do tráfico de drogas no Estado. Conforme Mavignier, a equipe do Denarc obteve informações de que substância ilícitas estariam chegando a Manaus, sendo trazidas de Coari, município distante 363 quilômetros em linha reta da capital. “Ao realizarmos buscas na residência de Luciano encontramos 13 tabletes de maconha do tipo skunk, guardados em uma mala em um dos cômodos do imóvel”, explicou.

O diretor do Denarc ressaltou, ainda, que Luciano é o segundo prático preso nesta semana pelas equipes do Denarc, fazendo com que os policiais civis tenham atenção redobrada com pessoas que integram tripulações de embarcações, principalmente as vindas dos municípios de Tefé, Coari, Japurá e Maraã. “Essa droga foi supostamente armazenada em Coari e estava sendo distribuída em pequenas quantidades, para evitar a ação da polícia e a perda de grandes mercadorias de substâncias ilícitas”, disse.

Durante depoimento, o infrator alegou não ter conhecimento do conteúdo ilegal armazenado na mala. Luciano informou, ainda, que estava prestando serviços a um indivíduo, identificado apenas como “Loiro”, que teria pedido a Luciano entregar a mala, contendo supostamente pacotes de farinha, a um indivíduo em Manaus, não identificado até o momento.

Luciano foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do Denarc, nas dependências do prédio da Delegacia Geral, o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.



Foto: Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.