Header Ads

Em troca de tiros, policiais militares não se intimidam e prendem foragidos


Uma equipe de policiais militares receberam uma denúncia de que havia um veículo rua B 27, do bairro Ajuricaba havia um veículo Etios de cor preta, com placa NPA-0174, parado e possivelmente com restrição de roubo.

Ao chegar ao local, os policiais foram recebidos a bala por cinco elementos que, não aguentando o 'tranco' e percebendo que se continuassem na troca de tiros com os homens da lei, iam acabar fazendo uma visita pro capeta, resolveram fugir para a favela Cruzeiro do sul, localizada no limite das áreas da 10ª e 17ª CICOM.

Em seguida, iniciou-se então uma incursão ao local, os policiais receberam pedradas por parte de olheiros de traficantes que se escondiam em cima das lajes e casas abandonadas. Mesmo colocando suas vidas em risco, os policiais conseguiram capturar todos os envolvidos no roubo, bem como na captura e prisão dos infratores que arremessaram pedras contra os policiais.

Foram encontrados com os criminosos uma arma de fogo calibre 32, com cinco munições mais um simulacro de arma de fogo.

Os criminosos foram identificados como: Geovanny Parreira dos Santos (foragido do sistema prisional); Carlos Henrique Bastos de Souza (foragido do sistema prisional); Marcos Antônio Vasconcelos Soares (autor das pedradas, e reconhecido pela vítima como participante do assalto); Amizadá de Sá Cruz (autor das pedradas) e Dadilson Fernandes Drumond Filho (que já responde por crimes de natureza similar).

A população inconformada com a onda de crimes que impera no Amazonas, ainda tentaram linchar os 'santinhos', sendo que o mais ferido foi o elemento Dadilson, que teve o supercílio cortado.









Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.