Header Ads

Graças ao Manaus FC, futebol do Amazonas volta a sorrir na Região Norte


Clube mais novo do futebol amazonense, o Manaus FC venceu o Remo por 2 a 0 na Arena da Amazônia na noite desta quarta-feira, 31 de janeiro, pela ida da primeira fase da Copa Verde 2018. Foi um fim de tabu de 14 confrontos em que os paraenses levavam ampla vantagem sobre os donos da casa na competição regional – nove vitórias e cinco empates.

Oriundo do futebol amador da Zona Leste, o meia-atacante Hamilton, o “Ibrahimovic da Amazônia”, abriu a contagem para o Gavião do Norte aos 39 minutos do primeiro tempo. A etapa inicial também foi marcada pela intensidade de ambas as equipes, com chances claras para o visitante e um chute espetacular de Márcio Panda que explodiu no travessão.

Aos 8 minutos da segunda etapa, novamente o Manaus FC jogou como time grande. Depois de jogada iniciada por Panda e Nena, o atacante Rossini, criado na base do Santos e com passagem vitoriosa pelo Paysandu, fez sua estrela brilhar diante do Remo ao marcar o segundo gol num toque de categoria, no cantinho do goleiro Vinícius.

O jogo da volta ainda vai ser confirmado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Os amazonenses podem perder até por um gol de diferença para avançar.

Para o técnico Wladimir Araújo, a vitória coroou o trabalho da equipe e empenho coletivo diante do adversário, que reconhecidamente tem história, tradição e conquistas.

“Foi uma vitória importante, mas não existe nada ganho. Vamos trabalhar muito ainda para alcançar nossos objetivos na temporada”, comentou o treinador.

Sem perder a humildade que lhe caracteriza, Hamilton dedicou a vitória ao “pessoal da ZL”, seu berço e inspiração. Ele, que também é conhecido como o “Artilheiro das Poucas Palavras”, pediu mais apoio dos torcedores aos times locais, principalmente no próximo compromisso do Manaus FC contra o CSA pela Copa do Brasil, dia 7, na Arena da Amazônia.

“Esse gol foi para mostrar o valor dos jogadores que começaram no amador. Não é só o Hamilton, tem outros caras muito bons nos campeonatos de bairros. Dedico essa vitória ao pessoal da ZL”, disse o Ibrahimovic da Amazônia.

O presidente de honra do Gavião do Norte, Luis Mitoso, deu significado mais amplo à conquista. Para o dirigente e fundador do clube em 5 de maio de 2013, o triunfo contra o clube visitante de tradicional no cenário nacional marca o início do processo de resgate da autoestima do futebol amazonense.

“A vitória não foi só do Manaus FC, mas de todos que fazem o futebol no Estado, da base ao profissional. Foi o início do resgate da autoestima do futebol amazonense. Esse 2 a 0 sobre o Remo mostra que, com planejamento e engajamento de diretores, patrocinadores e apoiadores temos sim condições de vencer grandes equipes, mas precisamos de mais ajuda do Governo, da Prefeitura, da iniciativa privada e dos torcedores”, afirmou Mitoso.

Manaus FC 2x0 Remo
Local: Arena da Amazônia, em Manaus
Dia: 31 de janeiro de 2018
Motivo: jogo da ida da primeira fase da Copa Verde 2018

Manaus FC: Jonathan, Tiago Granja (Átila), Deurick, Paulão e Zadda; Panda, Juninho, Cleitinho (Romarinho) e Hamilton (Wander); Nena e Rossini. Técnico: Wladimir Araújo

Remo: Vinícius, Levy, Mimica, Bruno Maia e Esquerdinha; Geandro, Felipe Marques, Leandro Brasília (Felipe Recife) e Adenilson (Jefferson Recife); Isac e Fernandes (Jayme). Técnico: Ney da Matta.

Arbitragem: Valdicleuson Costa (AP), Inácio Barreto (AP) e Roberto Soares (AP)
Público: 1.692 pagantes
Renda: R$ 16.440,00












Fotos: Emanuel Mendes Siqueira e Raiana Barreto




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.