Header Ads

Operação Alegoria Proibida prende 58 pessoas em Manaus


A Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), em uma ação conjunta entre Polícia Civil, Polícia Militar e Secretaria Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), deflagrou, na manhã desta sexta-feira (02/02), a Operação Alegoria Proibida em todas as zonas de Manaus. Foram presas 58 pessoas, 10 adolescentes foram apreendidos. Entre os presos, sete são homicidas. Durante a Operação, a polícia apreendeu três quilos de entorpecentes (maconha, cocaína e oxi), três pistolas, um rifle, uma arma caseira, um colete balístico, 34 munições de calibre 32 e R$11 mil reais em espécie.

Os mandados de prisão preventiva, busca e apreensão autorizados pela Justiça do Amazonas são relacionadas, principalmente, aos crimes de tráfico de drogas, roubos, furtos e homicídios e outros mandados criminais relacionados ao envolvimento com o tráfico. A quantia em dinheiro foi apreendida no bairro Santa Etelvina, zona norte da capital, na residência de Glaucinei Caldas de Souza, 50, membro da Família do Norte (FDN), que também foi preso durante a operação. O pistoleiro Breno Yuri Silva, 20, preso durante a ação, passou mal na Delegacia Geral (DG) e foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro João Lúcia, na zona leste de Manaus. Ele possuía dois endereços, mas foi preso na rua D, no São José.

A operação envolveu todos os 30 Distritos Integrados de Polícia da capital. Um efetivo extra de aproximadamente 800 policiais civis e militares participaram da ação, que partiu do Comando de Policiamento Especializado (CPE), no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, por volta das 5h10 da manhã.

O vice-governador e Secretário de Segurança do Amazonas, Bosco Saraiva, participou do início dos trabalhos, quando o efetivo estava reunido no CPE. Saraiva ressaltou que a operação decorre de uma investigação que iniciou em dezembro do ano passado, desenvolvida pelos setores de inteligência das forças de segurança do Amazonas. “Nós estamos vindo combatendo, desde a fronteira, os grandes volumes e indo buscar na fonte de distribuição. É uma ação para combater o tráfico doméstico de entorpecentes. Estamos em pleno Carnaval, as grandes bandas iniciaram desde a semana passada e temos uma programação para reforçar o combate ao tráfico de drogas e todos os ilícitos nesse período”, disse.

A Operação Alegoria Proibida teve início em janeiro e, até o momento, já foi realizada nos municípios de Manacapuru, Careiro Castanho, Itacoatiara e Parintins. O Delegado Geral da Polícia Civil do Amazonas, Mariolino Brito, disse que após serem cumpridos os mandados, os presos serão levados para o Instituto Médio Legal (IML) para passarem pelo exame de corpo de delito. “O foco é mobilizar toda a nossa polícia, todos os bairros. Todos os distritos estão envolvidos nesse trabalho junto com a Polícia Militar. Nós estamos mexendo com a cidade toda para que a segurança pública chegue a todos os lugares”, disse Brito.

O Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel David Brandão, explicou que aproximadamente 600 policiais do Comando de Policiamento Especializado (CPE) e do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), além do policiamento montado utilizado no bairro Compensa, zona oeste de Manaus, participaram da ação. “Essa operação, em conjunto com a Polícia Civil, faz parte do planejamento estratégico determinado pela Secretaria de Segurança. Também estamos atuando com o policiamento ostensivo ordinário que atua nas ações reforço do patrulhamento na capital”, acrescentou Brandão.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.