Header Ads

Polícia Civil prende dupla com porções e trouxinhas de cocaína, pasta base de cocaína, oxi e skunk

Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM
A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Ricardo Cunha, titular do 4°Distrito Integrado de Polícia (DIP), falou na tarde desta quinta-feira (1º/02), durante coletiva de imprensa realizada às 14h30, no prédio da unidade policial, sobre as prisões, em flagrante, de Raimundo Ericles Nascimento e Silva, 22, e Samara Rayane Barros Esteves, 19, conhecida como “Princesinha do Pó”, envolvidos com o tráfico de drogas na Comunidade Nova Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste da cidade.

De acordo com a autoridade policial, o companheiro de Samara, identificado como Ítalo de Oliveira Ferreira, 22,está sendo procurado pela polícia por comandar a comercialização de substâncias entorpecentes no bairro Gilberto Mestrinho. Cunha relatou que Raimundo e Samara foram presos pela equipe do 4° DIP na tarde de quarta-feira (31/01), por volta das 15h, em imóveis distintos, situados na rua Seis de Outubro, na Comunidade Nova Vitória.

Conforme o delegado, as investigações em torno do caso foram iniciadas há dois meses, após o recebimento de delações, feitas ao número (92) 99118-9767, o disque-denúncia do 4° DIP, informando a comercialização de substâncias ilícitas naquela localidade. Em ato contínuo, os policiais civis se deslocaram ao local denunciado a fim de averiguarem a situação.

“Na tarde de ontem, recebemos a informação de que indivíduos iriam se reunir para realizar a distribuição das drogas e a divisão das tarefas relacionadas ao tráfico naquela região. No momento da abordagem, Ítalo e dois indivíduos, até o momento não identificados, empreenderam fuga do lugar, onde encontramos parte da droga apreendida ao longo das diligências. Na ocasião, Raimundo permaneceu no imóvel e nós efetuamos a prisão dele. Em posse dele encontramos, ainda, uma arma caseira”, explicou o titular do 4°DIP.

Confissão - Questionado sobre a procedência das substâncias ilícitas encontradas na casa onde Raimundo estava, o jovem confessou envolvimento com o tráfico de drogas e indicou a casa de Ítalo, que fica naquela mesma rua. Na residência os policiais civis foram recebidos por Samara. Durantes buscas no imóvel foi encontrada grande quantidade de drogas.

“Ao todo apreendemos, nas duas casas, uma arma caseira, 100 trouxinhas de pasta base de cocaína, 24 porções médias de pedras de oxi, duas porções pequenas de cocaína e seis porções médias de maconha do tipo skunk, além de quatro aparelhos celulares, quatro relógios, uma balança de precisão, um caderno contendo anotações relacionadas ao tráfico de entorpecentes e material para o embalo das drogas”, relatou a autoridade policial.

No prédio do 4º DIP, a dupla foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Raimundo também irá responder por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

Diligências em andamento - O delegado ressaltou que diligências, com o intuito de coibir o tráfico de drogas no bairro Gilberto Mestrinho, continuam em andamento para prender Ítalo de Oliveira Ferreira e os outros dois elementos, ainda não identificados, envolvidos na prática ilícita. Quem puder colaborar com informações que possam contribuir com as investigações em torno do caso, entrar em contato por meio do número (92) 99118-9747, o disque-denúncia do 4°DIP. “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, concluiu Cunha.






Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.