Header Ads

Polícia prende lavador de carros procurado por homicídio, cometido em 2009


A delegada Alynne Lima, titular do 16º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e representante da Polícia Civil do Amazonas, falou na manhã desta sexta-feira (16/2), durante coletiva de imprensa realizada no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento de mandado de prisão por homicídio e tentativa de homicídio, em nome do lavador de carros Marcos da Silva Brandão, 29, chamado de “Buiú”. Os crimes ocorreram no dia 6 de março de 2009, em via pública, na rua Raul de Azevedo, bairro Santo Antônio, zona oeste de Manaus.

De acordo com a autoridade policial, no dia dos delitos, Marcos e outros dois homens, identificados como Heder de Souza Pereira, 31, e Arleynaldo da Silva e Silva, 32, já presos pela polícia, abordaram e efetuaram disparos de arma de fogo em direção a Antônio Fábio de Lima Viana, que tinha 21 anos, e de uma mulher de 29 anos. Antônio foi alvejado e acabou indo a óbito no local. Mesmo atingida, a outra vítima sobreviveu.

Conforme Lima, o infrator foi preso pela equipe do 16º DIP na manhã de quinta-feira (15/2), por volta das 10h, em via pública, na rua Belo Horizonte, bairro Aleixo, zona centro-sul da capital. A delegada relatou que as diligências em torno do caso foram iniciadas após o recebimento de delação, feita ao número (92) 99962-4451, o disque-denúncia do 16°DIP, informando a localização do indivíduo. O mandado de prisão em nome de Marcos foi expedido no dia 25 de fevereiro de 2016, pela juíza Mirza Telma de Oliveira Cunha, da 1ª Vara do Tribunal do Júri.

“Marcos nega a autoria do crime, mas a mulher que sobreviveu ao atentado o reconheceu como autor dos disparos. O infrator foi condenado a 13 anos de prisão pelos crimes e como não estava sendo encontrado, passou a ser considerado foragido da Justiça. Marcos também já tinha passagem pela polícia por outro homicídio, cometido em 2007”, destacou Alynne Lima.

Ao término dos procedimentos cabíveis no 16°DIP, “Buiú” será levado à Central de Recebimento e Triagem (CRT) do Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), no quilômetro oito da rodovia federal BR-174.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.