Header Ads

Projeto Escalas Amazônicas: Seminários de Artes Visuais e Políticas Públicas lança livro gratuito em Manaus


O lançamento do livro Escalas amazônicas: artes visuais e políticas públicas (Valer editora) será essa sexta-feira (16/02/2018) em frente à Galeria do Largo (Manaus) das 18h às 21h. A distribuição do livro será gratuita.

O livro é resultante do seminário de mesmo nome, realizado em Manaus, Belém e Rio Branco. Nesse, pesquisadores puderam expor levantamentos sobre a estruturação do circuito público voltado às Artes Visuais, além especialistas que discutem conceitos norteadores de Políticas Públicas. O intuito foi colaborar com a formação e conhecimentos nesses segmentos, buscando contribuir com o diálogo que constantemente travamos com os entes públicos. A iniciativa contou com patrocínio do Programa Rede Nacional Funarte de Artes Visuais 12° edição.

Aproveitamos o ensejo da publicação para, na última parte do livro, estudarmos e refletirmos sobre a significativa trajetória do artista Cristovao Coutinho que recentemente completou 30 anos de produção artística e curadoria. Imagens de obras de diversos períodos de Cristovao Coutinho ilustram o livro. Idealizamos também um debate no dia seguinte, 17/02, das 16h às 18h na Casa das Artes (Largo).

Organizadores: Ricardo Agum, Orlando Maneschy, Sávio Stoco. Autores: Allen Ferraz Fotografia, Ana Claudia Leão, Brenda Taketa, Danilo Baraúna, Felipe Brasil, Gabriela Andrietta, Giselle Lucena, Guilherme Guerreiro Neto, Monique Menezes, Paulo Cezar Freire, Paulo Trindade, Priscila Riscado, Ricardo Agum, Rômulo Nascimento, Sávio Stoco e Val Sampaio.

Proposta
“No geral, percebemos que as Artes Visuais costumam aglutinar e engajar um número menor de atores sociais com relação a outras linguagens artísticas, como a música e o teatro, por exemplo. Com isso, seu diálogo com os entes públicos podem ser menos constantes e intensos – o que em tempos de crise política e econômica pode significar perdas significativas para esta linguagem. Nosso projeto pretende oferecer conteúdos voltados à formação e promover um levantamento de dados inéditos a respeito das ações governamentais na última década. Assim pretendemos contribuir com as reivindicações atuais e futuras, aprimorando a participação social nos governos e um melhor emprego dos esforços públicos para atingir as necessidades da população”, explicou Ricardo Agum Ribeiro, doutor em Ciência Política, proponente e coordenador da iniciativa.

Coordenação: Ricardo Agum Ribeiro (proponente), doutor em Ciência Política e Mestre em Antropologia (UFF); pesquisador visitante Fiocruz – Amazônia.





Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.