Header Ads

Solenidade de abertura da Campanha da Fraternidade 2018 na Arquidiocese de Manaus


Acontece na manhã desta quarta-feira, 14 de fevereiro, às 8h30, na Praça da Matriz, a solenidade de abertura da Campanha da Fraternidade 2018 que tem por tema “Fraternidade e a superação da violência” e com ele a Igreja proclama, com a convicção da sua fé em Cristo e com a consciência de sua missão, que a violência é um mal, que a violência é inaceitável como solução para os problemas, que a violência não é digna do homem e destrói a dignidade, a vida, a liberdade dos seres humanos. Quanto ao lema “Vós sois todos irmãos” busca resgatar o sentido da Fraternidade dos povos somos todos irmãos e irmãs filhos e filhas de um mesmo Pai por isso iluminados pelo Evangelho do Reino somos chamados a não violência. Contaremos com a presença de representantes da comunidade católica pertencente aos doze setores da Arquidiocese de Manaus e da sociedade em geral para dar início a esse tempo de reflexão e ação contra as diversas forma de violência existentes.

Programação de abertura

Conforme Padre Geraldo Bendaham, coordenador de Pastoral e responsável pela organização do evento, a programação inicia com uma peça teatral das meninas em situação de risco da Casa Mamãe Margarida, que vão demonstrar que é possível superar a violência, depois segue com música, a entrada da cruz, símbolo de reconciliação, superação e de amor, depois a distribuição de flores para simbolizar a nossa aliança com a paz e a fraternidade.

Sobre a Campanha da Fraternidade

A Campanha é promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que, através das arquidioceses, dioceses e prelazias espalhadas por todo o país, vem convidar todos os homens e mulheres de boa vontade para percorrer o caminho da superação da violência crescente em todos os níveis. Violência de morte, de abuso de poder, de descarte da pessoa, de quebra das relações de confiança, de desagregação da família, de ganância e corrupção, de marginalização da infância e da adolescência.

Objetivo Geral

Construir a fraternidade, promovendo a cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da Palavra de Deus, como caminho de superação da violência.

Objetivos específicos
  1. Anunciar a Boa Nova da fraternidade e da paz, estimulando ações concretas que expressem a conversão e a reconciliação no espírito quaresmal
  2. Analisar as múltiplas formas de violência, considerando suas causas e consequências na sociedade brasileira, especialmente as provocadas pelo tráfico de drogas;
  3. Identificar o alcance da violência nas realidades urbana e rural de nosso país, propondo caminhos de superação a partir do diálogo, da misericórdia e da justiça em sintonia com o Ensino Social da Igreja.
  4. Valorizar a família e a escola como espaços de convivência fraterna, de educação para a paz e de testemunho do amor e do perdão
  5. Identificar, acompanhar e reivindicar políticas públicas de superação da desigualdade social e da violência.
  6. Estimular as comunidades cristãs, pastorais, associações religiosas e movimentos eclesiais ao compromisso com ações que levem à superação da violência
  7. Apoiar os centros de direitos humanos, comissões de justiça e paz, conselhos paritários de direitos e organizações da sociedade civil que trabalham para a superação da violência.

A Campanha da Fraternidade (CF) é uma das maiores iniciativas de Evangelização da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) da Igreja Católica Romana. Desde 1963, a CF tem sido uma atividade ampla de evangelização, intensificada na Quaresma (quarenta dias entre a quarta-feira de cinzas e a semana santa/Páscoa) para ajudar os cristãos e pessoas de boa vontade a viverem a fraternidade em compromissos concretos, provocando, ao mesmo tempo, a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade, a partir de problemas específicos, tratados à luz do Projeto de Deus. 

Tem por objetivos permanentes 1. Despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo, em particular, os cristãos na busca do bem comum; 2. Educar para a vida em fraternidade, a partir da justiça e do amor; exigência central do Evangelho; e Renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja na Evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa e solidária.

Informações
Ana Paula G. LourençoAssessoria de Comunicação - Arquidiocese de Manaus
Contatos: (92) 9137-9046 / 99114-9970

ascom@arquidiocesedemanaus.org.br
ascom.arquimanaus@gmail.com
http://www.arquidiocesedemanaus.org.br


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.