Header Ads

Atividades do Fundo Manaus Solidária no mês da mulher registram mais de 17 mil atendimentos


Foto: Karla Vieira / Fundo Manaus Solidária

Durante todo o mês de março, a Prefeitura de Manaus realizou diversas atividades direcionadas às mulheres. Ao todo, somando as ações das secretarias municipais envolvidas, foram 17.964 atendimentos de saúde, jurídico, atividades lúdicas e culturais, além de orientação ambiental, qualidade de vida e empreendedorismo. Além disso, a prefeitura inovou com a instituição do “Março Lilás”, uma campanha voltada para atenção ao câncer do colo do útero, tendo em vista a incidência de casos na Região Norte.

Coordenado pelo Fundo Manaus Solidária, o Mês da Mulher disponibilizou oficinas de capacitação, rodas de conversa, orientações sobre a rede de proteção feminina existente no estado, cursos de empreendedorismo, emissão de documentos, palestras envolvendo públicos diversos sobre o respeito à mulher, embelezamento, atividades desportivas, culturais, entre outros. As atividades foram idealizadas pela primeira-dama e presidente do Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, e tiveram, de imediato, o apoio do prefeito Arthur Virgílio Neto e dos secretários das pastas municipais.

Segundo a primeira-dama, é importante que todas as secretarias trabalhem em uma convergência de ações porque fortalecem as iniciativas e permitem que um maior número de pessoas seja alcançado. “Não há dúvida de que quando as ações são fortalecidas e complementadas por um número maior de pessoas, elas ganham eco e cumprem o objetivo para quais foram pensadas. Foi isso que observamos no Mês da Mulher. Foram dezenas de atendimentos de saúde, jurídico, psicossocial, emissão de documentos e outras dezenas de atividades que fortaleceram nossas iniciativas e, sobretudo, esclareceram às mulheres, companheiros, filhos e a sociedade em geral sobre o papel da mulher, o respeito que todas nós merecemos em todos os âmbitos da sociedade e, ao meu ver, todas nós saímos mais fortalecidas com tudo o que a Prefeitura de Manaus realizou neste mês”, afirmou Elisabeth.

O Mês da Mulher contou com a participação das secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Direitos Humanos (Semmasdh), de Saúde (Semsa), de Educação (Semed), de Comunicação (Semcom), de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), de Administração (Semad), de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) e de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp), além das subsecretarias municipais da Mulher e do Centro Histórico (Subsemch), das Fundações municipais de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e Doutor Thomas (FDT), da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), dos Institutos municipais de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e de Planejamento Urbano (Implurb) e da Casa Militar.

Em números
Dados da Semsa indicam que durante o Março Lilás houve incremento na oferta de exames e foram atendidas mulheres, em todas as zonas da cidade, com 7,3 mil exames do colo do útero; 1.325 exames de mamografia e 5.264 exames de ultrassonografias. A Semsa realizou também 650 ações de educação em saúde nas escolas públicas municipais, nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e nas comunidades com oferta de vacina contra o HPV. Já a Semmasdh e a Subsecretaria da Mulher realizaram, conjuntamente e com a participação de parceiros, 2.653 atendimentos ao público. Atendimento psicossocial, orientação jurídica CadÚnico, emissão de documentos, embelezamento e outros foram coordenados pelas secretarias.

A Semtrad atendeu a 465 mulheres com oficinas, cursos de qualificação profissional, atendimentos de beleza e outros. A Espi fomentou a participação das servidoras da Prefeitura de Manaus nas atividades desenvolvidas no Mês da Mulher e contou com a participação de 307 mulheres, divididas entre a palestra “A fantástica molécula do prazer de viver (ocitocina)”, da palestrante Mary Carvalho, a Caminhada Ecológica no Parque do Mindu e a roda de conversa que discutiu sobre a participação da mulher na sociedade, evento realizado no Parque Municipal dos Bilhares.

Em todas as atividades houve a distribuição de mudas frutíferas, ornamentais e medicinais pela Semmas. Ao final do mês de atividades foram distribuídas três mil mudas dessas espécies.

Saldo positivo
Segundo a subsecretária de Políticas Públicas Afirmativas para as Mulheres, Socorro Sampaio, o saldo do Mês da Mulher foi mais do que positivo, no entanto, apesar disso, todos os dias a preocupação da subsecretaria, bem como da prefeitura como um todo é que as mulheres sejam empoderadas, acolhidas, capacitadas com estudo e qualificação profissional e, sobretudo, que tenham seus direitos respeitados em todos os campos de atuação.

“As mulheres ficaram maravilhadas com tudo o que foi oferecido pela Prefeitura de Manaus e nós encerramos o Mês da Mulher com ótimos resultados. Elas foram acompanhadas, puderam fazer seus exames por meio das Carretas da Mulher, na subsecretaria, durante uma semana, nós tivemos mais de mil atendimentos, então eu só posso dizer que foi muito positivo. Acima de tudo essas mulheres tiveram acesso à informação e, uma mulher bem informada, de fato tem uma arma muito poderosa ao seu favor. Só tenho a agradecer ao prefeito Arthur e a primeira-dama pela confiança, e às mulheres pela parceria”, comemorou Socorro.

Presente no encerramento do Mês da Mulher, o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto, ressaltou que a mulher precisa ter um respeito a mais do que o destinado aos homens. Segundo ele, precisa haver um respeito muito maior à condição da mulher como ser, como trabalhadora, como política e seu posicionamento quanto a equiparação salarial entre homens e mulheres.

“Eu concordo com essa máxima de que a mulher é mais capacitada em exercer mais atividades ao mesmo tempo e com mais qualidade, de fazer mais que o homem. Essa capacidade da mulher, ela explorada pelo mundo como um todo, traria uma sociedade mais justa, mais igualitária. Essa diferença salarial tem que acabar. Eu vejo que a mulher é uma base muito bonita da sociedade e ela tem que ser respeitada como um todo, na sua questão física, na sua questão moral e emocional”, declarou Bisneto, que parabenizou ainda a primeira-dama, os secretários e servidores de todas as secretarias do município que participaram ativamente da programação do Mês da Mulher.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.