Conectando o Amazonas

Atriz pornô conta que foi ameaçada para esconder 'affair' com Trump


Stephanie Clifford, mais conhecida como Stormy Daniels, nome com que se tornou conhecida na indústria pornográfica, concedeu uma entrevistada ao programa da CBS '60 Minutes', exibido no último domingo (25).

Stormy Daniels quer cancelar o termo de um acordo de 130 mil dólares que teria assinado, para que possa falar publicamente sobre o caso.

Na entrevista, a atriz pornô afirmou que fez sexo sem preservativo com o presidente dos Estados Unidos em 2006, numa altura em que Melania Trump, a atual primeira-dama, tinha sido recentemente mãe de Barron.

Stormy Daniels afirma que Trump lhe disse que era "especial" e que a lembrava da sua filha. "Você é esperta e bonita, uma mulher marcante, e gosto de ti", ele teria lhe dito na altura.

Stormy Daniels contou também que foi abordada num parque de estacionamento por um homem que lhe disse para "deixar Trump em paz" e "esquecer esta história". Disse ainda que foi ameaçada em 2011, quando tinha acordado em vender a sua história por 15 mil dólares a uma publicação.

Vale ressaltar que Michael Avenatti, o advogado de Stormy Daniels, publicou uma imagem no último fim de semana no Twitter (em tom de 'aviso' e antes da entrevista ao '60 Minutes) em que se via um CD, O dispositivo supostamente teria provas sobre o alegado caso.




Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes