Header Ads

Casal recebeu R$ 2 mil apenas para esconder a droga; avaliada em R$ 250 mil


A delegada Tamara Albano, diretora-adjunta do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc), falou na manhã desta quarta-feira (7/3), durante coletiva de imprensa realizada no prédio da Delegacia Geral, sobre a prisão, em flagrante, do casal Josiel Alves de Oliveira, 26, e Mariane Gomes do Nascimento, 28, com 35 quilos de drogas, avaliados em R$ 250 mil.

Conforme a autoridade policial, a ação contou com o apoio de servidores da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência (Seai), da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O casal foi preso pelos policiais na tarde de terça-feira (6/3), por volta das 15h, na casa onde morava, situada na rua Criciúma, primeira etapa do bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

“As investigações em torno do caso duraram cerca de duas semanas. Na manhã de ontem recebemos denúncia anônima, informando que uma grande quantidade de drogas estava sendo mantida em um depósito no bairro Alvorada. Montamos campana nas proximidades do local indicado, quando avistamos Josiel saindo do imóvel. Em seguida efetuamos a abordagem”, explicou Albano.

A diretora-adjunta do Denarc ressaltou que durante revista na residência, o casal não demonstrou resistência e indicou o quarto onde a droga estava sendo armazenada. As equipes do Denarc e Seai apreenderam em um dos cômodos 25 quilos de maconha do tipo skunk e dez quilos de cocaína, além de R$ 4.150,00 em espécie. As drogas e o dinheiro foram encontrados dentro de uma mala.

“Em depoimento na base do Denarc, o casal relatou que recebeu as drogas de uma mulher, até o momento não identificada pela polícia, e que ela passaria posteriormente o local de entrega das drogas. Josiel e Mariane confessaram, ainda, que cada um recebeu R$ 2 mil apenas para esconder as substâncias entorpecentes”, disse a delegada.

Josiel e Mariane foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na base do Denarc, o casal será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

Tamara Albano destacou que as investigações em torno do caso continuam, até que a mulher responsável pelas drogas, seja identificada e localizada, para que possa responder pela prática ilícita.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.