Conectando o Amazonas

Após ausência de titular da Seduc, David anuncia nova convocação


Diante do plenário lotado de profissionais da educação, insatisfeitos com o não comparecimento do secretário de Estado da Educação, Lourenço Braga, na sessão especial para a qual foi convidado, nesta terça-feira (3), o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado David Almeida, anunciou nova convocação que o titular da Seduc, para quinta-feira (5), às 10h30.

Aproximadamente 1,4 mil servidores, da capital e do interior, foram ao parlamento estadual, na expectativa de serem ouvidos por Lourenço, que foi convidado a dar explicações sobre as propostas do governo aos docentes, por meio de requerimento do deputado José Ricardo. A categoria que está em greve há 19 dias, por conta dos quatro anos sem reposição salarial, pleiteia 35% de reajuste e já negou a primeira proposta de 4,57% e a segunda 14,57%.

“O movimento é de vocês e é legítimo. Parabéns pela união, permaneçam assim, sem se aliar a cores ou legendas partidárias. Aqui na Assembleia vocês serão sempre tratados com o respeito que merecem”, disse David.

A sessão especial que estava marcada para às 10h30, no plenário Ruy Araújo, não aconteceu porque Lourenço não compareceu. Membros de sua equipe que estiveram na sede do Poder Legislativo, saíram sem dar explicações aos professores. Diante da situação, David encaminhou junto à Mesa Diretora uma nova convocação, para que o secretário compareça para prestar esclarecimentos à categoria, na quinta-feira (5), às 10h30.

“Nós somos os interlocutores desse diálogo, não queremos criar tensão nenhuma com governo. Em sua justificativa, Doutor Lourenço, a quem devo todo respeito, citou que não veio à Casa do Povo porque foi informado que aqui havia um clima hostil. Informaram errado a ele, pois o que vimos aqui foi clima democrático de reivindicação”, pontuou David.

Protocolo de segurança
A Casa Militar da Alam informou que, diante da procura do movimento de professores para entrar no plenário do Poder, nesta terça-feira (3), seguiu todos os protocolos de segurança cabíveis para garantir a ordem e segurança dos presentes.

De acordo com o setor, desde às 5h da manhã, hora em que começaram a chegar os profissionais da educação, seguiu a determinação do presidente David Almeida, de receber os manifestantes com respeito e dignidade.

As portas da galeria do Plenário Ruy Araújo foram abertas às 7h30, uma hora antes do horário habitual, por conta do número expressivo de professores organizados em fila. A medida foi adotada para conforto e segurança de todos os presentes.

Responsável pela segurança interna e externa do Poder Legislativo, a Casa Militar garantiu também, acesso de entrada e saída de secretários de Estado e seus representantes, conforme protocolo de segurança dispensada às autoridades. O efetivo da Casa atuou em todas as frentes e contou com reforço do efetivo da 23a Cicom.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes