Header Ads

Deputado Zé Ricardo incorpora Lula ao nome parlamentar


Esta terça-feira (10) foi dia de protesto da oposição na Câmara dos Deputados. Enquanto levantam cartazes com a escrita ‘Lula Livre’, os políticos anunciaram obstrução a qualquer votação da Casa.

Como forma de protesto contra a prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, deputados do PT decidiram adotar o nome Lula como parte do nome parlamentar oficial. Até a noite do dia 10, 22 deputados já haviam formalizado a mudança, que aparecerá no painel de votação.

Por ser o nome formal de referência ao parlamentar, todos deverão se dirigir a ele citando o nome, inclusive o presidente da sessão.

Em nota publicada no site do PT, o partido alega que a mudança foi uma sugestão do deputado Leo de Brito (AC), e que é uma forma de se solidarizar com o ex-presidente.

Lula está preso desde o dia (07), quando se entregou à PF para cumprir a pena de 12 anos e 1 mês no caso do tríplex do Guarujá.

Paulo Pimenta, líder do PT na Câmara, ainda afirmou que tem o apoio dos partidos PDT, PSB, PCdoB e PSOL para fazer obstrução em todas as votações da Câmara.

José Ricardo Lula (PT) também muda seu nome político.
“A partir de hoje meu nome político é José Ricardo Lula. Essa decisão faz parte da minha solidariedade ao companheiro e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que está preso numa tentativa de impedi-lo de ser candidato, numa clara demonstração de perseguição política contra ele. Lula, que é o pré-candidato à presidência da República, está em primeiro lugar nas pesquisas. Desde o golpe que foi dado neste país, percebe-se que não há nenhuma novidade significativa na operação Lava Jato ou no combate à corrupção, que aponte uma grande mudança neste país.

Tivemos apenas ações no âmbito especificamente político, ou seja, a única preocupação era inviabilizar a candidatura do presidente Lula. Nada houve para penalizar as ações corruptas dos pré-candidatos ou figuras de outros partidos que claramente foram pegos nas investigações, com recursos, com malas de dinheiro, com dinheiro no exterior, políticos que ameaçaram pessoas de morte e outros falando claramente que havia todo um processo envolvendo vários poderes da União e do Supremo, pra poder coibir as ações que atingissem políticos de vários outros partidos. Claramente, a cada dia, percebe-se que a questão é tirar o Lula da eleição deste ano. Confirmamos isso na rapidez do julgamento. Passaram a frente de vários processos, furando a fila para envolverem o Lula. Até as visitas estão sendo proibido, o que é direito de todo preso.

Governadores, senadores e outros políticos foram impedidos de visitá-lo. É inacreditável que no caso do Lula passaram na frente de tantos outros processos, como nós vimos em Porto Alegre, centenas de processos na frente do Lula, mas eles pararam tudo só para prender o Lula, com o intuito de não deixá-lo ser candidato. O mundo inteiro está vendo essa perseguição e a indignação é geral. Milhares de pessoas em solidariedade estão acampando em Curitiba. Milhares de pessoas estão enviando cartas. Todos questionam o Supremo por rasgar a Constituição Brasileira que determina que ninguém é culpado enquanto não tiver o transito em julgado. Mas isso não o deixou abater, ao contrário, a cada dia Lula fica mais fortalecido, com mais firmeza e coragem de enfrentar situações como esta e para governar mais uma vez nosso país. O povo quer Lula livre!”.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.