Conectando o Amazonas

Escola municipal da zona Leste é revitalizada por empresa multinacional em parceria com a Prefeitura

Foto: Marinho Ramos/Semcom
Como parte das ações estratégicas da Prefeitura de Manaus em busca de parcerias que venham agregar serviços e melhorias à população da capital, a Escola Municipal Nova Vida, localizada no bairro Mauazinho, zona Leste, foi revitalizada por uma multinacional do Polo Industrial de Manaus (PIM) e, neste sábado, 7/4, abriu suas portas para que a comunidade conhecesse as melhorias. Além de pintura, a unidade também recebeu ação de paisagismo e hortas vertical e horizontal, com mais de 100 colaboradores.

Realizada pela empresa Flex Live Smarter, a revitalização da escola integra a programação do Earth Day (Dia da Terra), que será celebrado mundialmente no dia 22 de abril e prevê ações educativas e ambientais, mobilizando as 100 unidades da empresa espalhada pelo mundo. No Brasil, há três unidades, sendo uma no Polo Industrial de Manaus (PIM) com 1,6 mil colaboradores.

A Escola Municipal Nova Vida possui 15 salas de aula, Telecentro, biblioteca, dois vestuários e seis banheiros, uma quadra poliesportiva, atendendo mais de 800 alunos do 1º ao 5º do Ensino Fundamental e classe de educação especial. “Estamos muito felizes com essa iniciativa. Com a escola mais bonita, nossos alunos ficarão mais motivados e orgulhosos de estudarem aqui. Essa ação irá gerar impacto positivo no desempenho educacional de nossos alunos”, assegura a gestora da escola, Alessandra Carvalho.

A revitalização da unidade é resultado da intermediação da Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe), com apoio do Fundo Manaus Solidária e das secretarias municipais de Educação (Semed), Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Limpeza Urbana (Semulsp), Infraestrutura (Seminf), além do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

A secretária da Semppe, Maria Josepha Chaves, afirmou que a intenção do prefeito Arthur Virgílio Neto, quando criou a Semppe, foi atrair investidores a Manaus. Ela assegurou que, no caso da iniciativa da Flex, não houve contrapartida e que todo o investimento da revitalização da escola foi uma iniciativa da empresa, pois trata-se de uma multinacional cidadã que se preocupa com o bem-estar de Manaus e de seus moradores.

“É indispensável que as parcerias público-privadas sejam fomentadas e fortalecidas. Isso é algo intrínseco às ações desenvolvidas em toda parte do mundo, pois permitem que os governos sejam auxiliados em suas demandas e que as empresas possam cumprir com o caráter social tão exigido pelos cidadãos. E a visão do prefeito Arthur Neto, a partir da criação da Semppe, foi exatamente essa, que houvesse essa contrapartida e que a população pudesse ser beneficiada em vários campos. Todos saem ganhando quando há solidariedade e compromisso social”, destacou a secretária.

A secretária municipal de Educação, Kátia Schweickardt, frisou que uma política pública da envergadura da educação não pode ser e nunca vai ter sucesso se for apenas responsabilidade do governo, uma vez que não é o espírito que está expresso na Constituição, pois é uma responsabilidade de todos. Ela afirma que, cada vez mais, deve-se agregar a participação da sociedade na execução dessa política para que se possa garantir o direito de aprendizagem plena das crianças.

“Essa parceria da empresa em trazer os funcionários para serem voluntários em ações dentro de algumas escolas é muito importante não apenas pela ação em si, mas pelo potencial conscientizador que ela tem, fortalecendo esse compromisso. Espero que isso seja um piloto para trazer outras empresas para virem colaborar conosco, seja na educação, saúde e demais áreas. Com isso, a gente vai construindo a cidadania”, finaliza.

Ação social
Segundo a responsável pela ação, Karolliny Teixeira, o “Desafio da Terra” é um evento que visa trabalhar ações sociais e ambientais de áreas do entorno da multinacional e dentro da fábrica com os colaboradores, envolvendo toda a comunidade. E o bairro Mauzinho, segundo ela, foi escolhido por estar ao lado da unidade.

“Encerramos, hoje, o terceiro dia de atividades externas com a comunidade do Mauazinho. Além da revitalização da escola, realizamos a limpeza de uma área da comunidade e levamos crianças de um abrigo ao Parque do Mindu. No entanto, durante toda a próxima semana, estaremos realizando atividades dentro da fábrica com nossos colaboradores. Esperamos ter contribuído com a disseminação da cultura socioambiental junto aos moradores”, disse Karolliny.

"Ajudar as comunidades, movimentar as parcerias e contribuir com atividades sociais e na área do meio ambiente, é importante para a empresa. Sozinho se consegue fazer, mas quando envolvemos todos, a iniciativa privada e os órgãos públicos, o resultado final é muito melhor", destaca a representante da Flex Manaus, Valéria Valente.

Para a autônoma Tamila dos Santos, 27, que tem um filho que estuda na escola, a ação vai trazer um benefício muito grande. "Nós ficamos encantados com o resultado final. Meu filho vai chegar aqui na segunda e encontrar um ambiente mais bonito e ter um contato mais direto com o meio ambiente", comemora.

Mudas
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) participou do processo de revitalização fazendo a doação de mudas ornamentais utilizadas no paisagismo da área externa da escola. Foram doadas 140 mudas de espécies variadas, produzidas no Viveiro Municipal, gerido pela Semmas. Outras 200 mudas de espécies frutíferas e ornamentais foram disponibilizadas para doação à comunidade com o objetivo de estimular o plantio de árvores nos quintais e jardins.

O paisagismo da escola contou com mudas de ixora, asistasia, ararinha, beijinho e dracena. Foram incorporadas também ao projeto dos jardins espécies arboreas e frutíferas, sendo quatro mudas de pau-pretinho e seis pés de acerola. Para a distribuição, foram disponibilizadas mudas de araçá-boi, acerola, abacate, açaí, biribá, fruta-pão, pitanga e abiu.

"Nada melhor do que fazermos o plantio quando somos chamados e sabemos que a comunidade irá cuidar. Entramos com essa parceria na doação de mudas para a revitalização da escola e doando mudas frutíferas para a comunidade, de encontro ao nosso programa Manaus Verde e Viva, que visa arborizar Manaus", finaliza a subsecretária da Semmas, Adenira Queiroz.


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes