Conectando o Amazonas

Real se salva e evita vexame contra a Juventus com pênalti polêmico no fim e expulsão de Buffon


A Juventus batalhou muito, muito... mas o milagre não aconteceu. Nesta quarta-feira, no Santiago Bernabéu, o Real Madrid levou 3 gols da equipe italiana, mas Cristiano Ronaldo marcou de pênalti (polêmico) praticamente no último lance e levou o clube espanhol para a semifinal da Champions League. Mandzukic (2x) e Matuidi fizeram os gols do time visitante.

O começo da partida foi frenético. Melhor para a Juventus, que abriu o placar com apenas 2 minutos. Douglas Costa avançou e mandou para Khedira, que cruzou de primeira para Mandzukic. O atacante croata chegou de cabeça, sozinho, para fazer 1 a 0 no Santiago Bernabéu. O camisa 17 não marcava há 14 jogos.

O jogo seguiu lá e cá. Aos 7, Higuaín teve boa chance de ampliar após chute de Douglas Costa e rebote de Navas. 3 minutos depois, Cristiano Ronaldo encontrou Modric, que colocou Bale na cara do gol. O galês parou em Buffon e depois chutou de calcanhar para fora.

Aos 13, Cristiano Ronaldo deu trabalho a Buffon. O craque português pedalou para cima de Benatia, ajeitou para o pé direito e disparou, obrigando o goleiro italiano a fazer boa defesa. Na sequência, Isco empurrou para o gol, mas o árbitro já havia dado impedimento

Logo depois do gol anulado do Real, a Juventus chegou muito perto de ampliar. Mandzukic apareceu sozinho após cobrança de escanteio, mas pegou mal na bola e viu Navas encaixar. Aos 33, Kroos parou em Buffon. Após belo passe de CR7, o alemão entrou livre e bateu na saída do goleiro, que fez uma ótima defesa.

A Juve começou a desenhar um milagre aos 36 minutos. E de novo com Mandzukic. Lichtsteiner recebeu na lateral e cruzou alto, na segunda trave. O croata de número 17 subiu muito bem e cabeceou firme, vencendo Navas outra vez. Intervalo de jogo: vitória parcial por 2 a 0 do clube italiano em Madri.

O técnico Zidane voltou para o segundo tempo com Asensio no lugar de Bale e Lucas Vázquez na vaga de Casemiro. E a primeira grande chance merengue veio aos 13 minutos. Ronaldo bateu forte, mas Buffon (sempre ele) estava lá para fazer mais uma boa defesa.

A equipe de Turim respondeu na sequência. Higuaín recebeu na entrada da área, chutou de direita, e Navas caiu para evitar o terceiro gol italiano. No minuto seguinte, no entanto, não deu para o goleiro do Real Madrid. Douglas Costa cruzou, o costarriquenho falhou feio, e Matuidi aproveitou a sobra para dar à Juve o gol que levaria a partida para os pênaltis. Incrível!

Perdendo por 3 a 0, o clube espanhol foi para cima em busca de um gol. Aos 28 minutos, Cristiano Ronaldo chutou, a bola desviou na zaga, e Buffon mandou para escanteio. Aos 32, Isco arrematou da entrada da área, e o goleiro italiano voou para fazer mais uma grande defesa. Aos 33, Varane chutou uma bola muito perto das traves da Vecchia Signora. Aos 34, Asensio cruzou, e Chiellini quase marcou contra.

Aos 46, para alegria dos torcedores merengues e desespero italiano, o árbitro anotou pênalti de Benatia em Lucas Vázquez. Sem acreditar na marcação, Buffon foi para cima e acabou expulso por reclamação. Szczesny entrou em seu lugar. Na cobrança, Cristiano Ronaldo. Após 5 minutos de jogo parado, o camisa 7 partiu e bateu sem chances para o goleiro reserva. 3 a 1 dramático, e Real na semifinal da Champions League.


Fonte: ESPN


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes