Conectando o Amazonas

Ufam reforça auditorias ambientais do TCE-AM, com assinatura de termo de cooperação

Foto: Nataly David
Com a cessão de dez professores-mestres e doutores, a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) se une ao Tribunal de Contas do Estado para reforçar as auditorias ambientais realizadas por técnicos de Controle Externo. O apoio está previsto no acordo de cooperação técnica assinado na manhã desta sexta-feira (6) entre a presidente do TCE, Yara Lins dos Santos, e o reitor da Ufam, professor-doutor Sylvio Mário Puga Ferreira, na sede do TCE-AM.

O acordo, que tem vigência de 24 meses, vai possibilitar ao TCE a atuação dos professores cedidos, todos da área ambiental, para atuarem junto ao Departamento de Auditoria Ambiental (Deamb) e ainda a troca de conhecimentos, serviços e produtos de projetos das duas instituições, quando for solicitado por ambas as partes. O Deamb já conta, hoje, dez professores-mestres e doutores da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), cedidos no início de fevereiro a partir da assinatura de um termo de cooperação técnica.

O termo de cooperação tem o objetivo de ampliar a capacidade das instituições para a realização de pesquisa, desenvolvimento, fiscalização e outras atividades na área de meio ambiente, por meio da troca de técnicos entre as instituições.

Ao falar na solenidade, a conselheira-presidente Yara Lins dos Santos ressaltou o pioneirismo do TCE-AM em formalizar parcerias com instituições acadêmicas: “Nós temos alcançado uma projeção muito grande, diferentemente de outros tribunais, até mesmo do TCU, na área ambiental por causa de nossas respeitadas auditorias. Queremos agradecer essa parceria, ideia do conselheiro Júlio Pinheiro, para que nós possamos avançar também nesta área. Já temos acordo com a UEA (Universidade do Estado do Amazonas) e agora vamos completar com a Ufam, para que o nosso cresça, cada vez mais, e corresponda aos anseios da sociedade”, comentou.

Presente à solenidade e responsável pela implantação das auditorias ambientais no âmbito do TCE, o conselheiro Júlio Pinheiro ressaltou que é "uma honra muito grande o Tribunal poder contar com a academia, e, para nós, que iniciamos um trabalho relacionado ao controle ambiental, isso significa darmos ao que já é feito um upgrade necessário para que possamos fazer das nossas auditorias instrumento de proteção ambiental”.

O reitor da Universidade Federal, professor Sylvio Puga, lembrou que a instituição acadêmica realiza estudos, por meio de teses de mestrado e doutorado, sobre meio ambiente e impactos ambientais e que, assim com o TCE, busca a melhoria da qualidade de vida. “Na medida que o recurso é bem fiscalizado pelo Tribunal e está sendo bem gasto, está se garantindo a melhoria da qualidade de vida da população. E na medida que a UFAM faz estudos ambientais que vem a responder a demandas da sociedade, nós também estamos melhorando a qualidade de vida das pessoas”, completou.

Vale ressaltar que este é o segundo acordo entre o Tribunal de Contas e uma instituição acadêmica, na gestão da conselheira-presidente Yara Lins dos Santos. Em fevereiro, o TCE firmou parceria com a Universidade Estadual do Amazonas, ampliando as auditorias ambientais.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes