Header Ads

Ex-chefão da F1 compra McLaren de Senna por valor histórico

Foto: Getty Images
Ex-chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone arrematou por 18 milhões de reais a McLaren usada por Ayrton Senna em sua última vitória no GP de Mônaco.

Senna era conhecido como o 'Rei de Mônaco', já que ao longo da carreira venceu o GP no principado seis vezes.

Colecionador de carror, Eccleston colocou em sua garagem o MP4/8, chassi seis, utilizado pelo brasileiro em oito corridas.

Além da McLaren, a Ferrari de 1987 de Michele Alboreto e a Toleman-Hart de Senna na temporada de 1984, quando Senna chegou em segundo lugar em dos GPs mais impressionantes da história, também foram colocadas à venda, cada uma por sete milhões de reais.

Usado por Senna em 1993, o carro arrematado por Ecclestone só ficou atrás da Williams FW15, de Alain Prost, talvez um dos melhores carros já visto em pistas até hoje. Ainda assim, o brasileiro, morto no ano seguinte, conseguiu cinco vitórias com ele.

A McLaren de Senna passa a ser agora o segundo carro mais caro da história, atrás apenas da Ferrari de 2001, campeã com Michael Schumacher, comprado por 32 milhões de reais.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.