Conectando o Amazonas

Quarta Feira do Livro doou mais de 8 mil exemplares, no sábado

Foto: Ricardo Oliveira / Semcom
Mais de 8 mil exemplares de livros didáticos e literários foram colocados à disposição da população, neste sábado, 5/5, para doação. Jovens, adultos e crianças compareceram em peso ao Parque dos Bilhares, zona Centro-Sul, para escolher seus livros e leva-los para casa. Este ano, com o dobro das doações obtidas em relação ao ano passado, a Feira do Livro também dobrou o número de exemplares doados. Cada pessoa poderia escolher até 10 volumes.

O evento foi um sucesso, confirmando que a ideia, nascida há quatro anos para estimular o hábito da leitura e a busca por conhecimento, encontrou a aprovação popular. A Feira é sempre realizada no Parque dos Bilhares, gerido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), como parte das comemorações pelo Dia Mundial do Livro, celebrada em 23 abril. Nas quatro edições, a Feira do Livro já conseguiu arrecadar e distribuir mais de 16 mil exemplares de diversas áreas do conhecimento e este já é o maior evento local de sustentabilidade nessa área.

A Semmas é a secretaria municipal responsável pela realização do evento, mais este ano, o Fundo Manaus Solidária, presidido pela primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, aderiu à Feira e foi o principal articulador das demais secretarias para captação de exemplares. Foram abertos 28 pontos de recepção, o que facilitou as doações contribuindo para o aumento de 100% no número de exemplares arrecadados e doados durante a feira.

“Eu tenho a grande honra de ser madrinha de um evento tão grandioso. E a união faz toda a diferença, por isso quero agradecer imensamente aos nossos parceiros e a todas as secretarias que se envolveram para que pudéssemos aumentar o número de livros arrecadados e, com isso, alcançássemos mais pessoas e com mais livros”, disse a presidente do FMS, Elisabeth Valeiko.

Outro fator que contribuiu para esse sucesso foram as parcerias formadas com duas universidades privadas – a Estácio e a Uninorte – que mantém clubes de leituras e estiveram presentes durante o evento, além da Rede Amazônica de Televisão, que por meio do projeto LER + 1, doou mil exemplares.

“Atingimos uma meta ousada, conseguimos dobrar o número de livros. Chegamos a 8,2 mil exemplares. Com isso, tomamos uma decisão importante para quem está participando que, é também dobrar o número de livros doados”, explicou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Nelson.

A procuraDesde cedo, uma multidão foi ao Parque dos Bilhares em busca dos livros. O evento foi organizado e os livros foram divididos em barracas temáticas. A população se colocava em fila e, dentro das barracas, cada grupo dispunha de aproximadamente 3 minutos para escolher seus livros. As doações foram realizadas até as 21 horas, e não houve sobra considerável.

Quem aproveitou a oportunidade de adquirir livros gratuitos foi a técnica em enfermagem, Márcia Carneiro, que mergulhou nos livros infantis para o filho. “Ele adora que eu leia histórias para ele e vim aqui atrás de novos exemplares. Fiquei impressionada. Achei tudo maravilhoso”, disse.

A Feira do Livro também foi a oportunidade para a universitária Ana Rita Ferreira procurar livros para o curso de Engenharia Civil. A exemplo de outros universitários que fizeram ‘a festa’ com a enorme quantidade de títulos disponível, Ana elogiou a organização e se mostrou satisfeita. “É uma forma que eles deixam para nós muito boa, há muitos exemplares interessantes para a minha área, e de graça, ainda”, disse.


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes