Conectando o Amazonas

Câmara Municipal do Careiro se acovarda e rejeita denúncia de eleitor contra prefeito


Seria muita inocência acreditar que a Câmara Municipal do Careiro tivesse a hombridade de votar a favor da denúncia protocolada pelo eleitor Lindemberg da Silva Feitosa, que apontava suposto crime administrativo cometido pelo prefeito Nathan Macena. Dos 13 vereadores, o prefeito mantém a maioria, 12.

Essa maioria, que sempre vota com o Executivo, ao menos vai aprender uma coisa, que tem pessoas no município que possuem caráter, honradez e coragem para fazer o que eles não fizeram, o de fiscalizar e defender os direitos do cidadão careirense. Fica o exemplo.

Leia abaixo a matéria completa do Portal do Careiro:

Câmara Municipal do Careiro rejeitou a denuncia contra o prefeito, saiba quem votou a favor e quem votou contra

Careiro-AM – No último dia 11 desse mês o eleitor do município do Careiro Lindemberg da Silva Feitosa protocolou na Câmara Municipal do Careiro uma denuncia por suposto crime administrativo cometido pelo prefeito do município, se comprovadas as denuncias o eleitor pede a cassação do mandato do prefeito do município.

Comissão de Constituição, Justiça e Redação – CCJR – A denuncia foi então encaminhada para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação – CCJR e hoje 18/06 a comissão leu o relatório no plenário e em seguida houve a votação nominal para decidir se a denuncia seria aceita, em caso de aprovação seria aberto uma Comissão de Investigação Processante.

Discussão


Na votação do recebimento da denúncia, depois da discussão, onde bem enfatizado pelo vereador Livingniston que votou pela aceitação da denuncia e afirmou da ilegalidade do voto divergente dos vereadores Teixeira e Clodomir Gadelha, no parecer da Comissão de Constituição, Justiça e Redação – CCJR, em seguida foi feita a votação nominal no plenário da Casas Legislativa.

Votação Nominal


Na votação nominal do recebimento ou não da denúncia, votaram para SIM a favor do recebimento da denúncia, os vereadores Linvigniston e Roberval, e, votaram NÃO contra o não recebimento da denúncia, os vereadores, Clodomir, Teixeira, Cachimbo, Euclides, Sabá Cordeiro, Júnior Enfermeiro, Edinho, Zé Nilton, Lindalva e Cinara, assim totalizaram 10 votos pela rejeição e 2 votos pelo recebimento da denúncia. O vereador Júnior Melo Presidente da Casa Legislativa não votou, o presidente só vota em caso de empate é o chamado voto de minerva ou voto decisivo.

Se a denuncia fosse aceita pela maioria dos vereadores do Careiro hoje, isso não significaria a cassação do mandato do prefeito do município, apenas seria aberto uma comissão para investigar a veracidade os fatos relatados pelo denunciante.

Agora cabe ao presidente da Câmara municipal do Careiro, encaminhar a denúncia aos MP do Careiro, MPE-AM e MPF, como requerido na denúncia.

Vereadores passaram um recado a população


Com essa votação de 10 x 2 os vereadores do Careiro passaram um recado claro para o cidadão do município e o recado é que não adianta fazer nenhuma denuncia de suposta irregularidade na administração municipal porque simplesmente a denuncia não será se quer aceita pelos vereadores, investigar não significa condenar, investigar simplesmente é analisar se a suposta denuncia irregularidade é verdadeira ou não. Afinal a Lei é para todos e ninguém está acima da Lei.

Matéria: Edson Brito


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes