Conectando o Amazonas

DRCO e SIAI prendem integrante de organização criminosa no bairro Flores

Policiais civis do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) com apoio da Secretaria-Executiva-Adjunta de Inteligência prenderam em flagrante o mecânico e pintor Thiago Moreira de Castro, 24, portando um revólver calibre 38 com numeração suprimida, três munições e uma pedra de substância entorpecente.

De acordo com o delegado Juan Valério, diretor do DRCO, o jovem é integrante de uma organização criminosa que atua no Estado. Valério explicou que Thiago foi preso na tarde de terça-feira (14/08), por volta das 14h30, em frente à casa onde estava morando, situada na rua Ribeiro Júnior, Comunidade Parque das Nações, bairro Flores. A autoridade policial ressaltou que a ação fez parte dos trabalhos em torno da elucidação de homicídios na cidade, seguindo determinação do secretário da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), coronel Anézio Paiva. “Montamos campana por cerca de dois dias no local. Estávamos monitorando o infrator por meio de um trabalho de inteligência que o apontava como sendo membro de uma organização criminosa. No momento em que avistamos Thiago comercializando substâncias entorpecentes, nós o abordamos e, durante revista pessoal, encontramos com ele um revólver calibre 38, com numeração suprimida, três munições do mesmo calibre, além de uma pedra de substância entorpecente”, relatou Valério.

Conforme o diretor do DRCO, durante depoimento no departamento, Thiago admitiu que é soldado do tráfico de uma organização criminosa que atua no Estado. “Uma das funções dele era cobrar o dinheiro oriundo da prática ilícita. Ele possivelmente está envolvido em execuções na capital. As investigações irão continuar, até conseguimos esclarecer a participação de Thiago em mortes decorrentes da guerra entre facções que atuam na Comunidade Parque das Nações e Comunidade União, naquela mesma região da cidade”, disse.

Valério informou que algumas execuções foram cometidas com munição similar à que foi apreendida com o infrator. O material apreendido já foi enviado para perícia. As informações obtidas durante o depoimento do infrator serão trabalhadas em conjunto com as equipes da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O delegado pediu às pessoas que reconhecerem Thiago como autor de outros delitos, para entrarem em contato pelo número 181, o disque-denúncia da SSP-AM.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes