Conectando o Amazonas

Lava Jato: PF prende ex-superintendente do Banco Prosper no Rio

À serviço da operação Lava Jato, a Polícia Federal prendeu na manhã desta quinta-feira (16) Edson Menezes, ex-superintendente do Banco Prosper e ex-presidente da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro.

Conhecido como “Gigante”, ele foi preso em seu apartamento, no Leblon, Zona Sul da capital carioca. As informações são do “G1”.

A prisão de Edson Menezes é fruto de uma investigação sobre o pagamento de propina na venda da folha de pagamentos dos servidores do estado do Rio de Janeiro em 2011, quando Sérgio Cabral era governador. O negócio foi preparado por uma consultoria da FGV, que subcontratou o Banco Prosper.

Segundo Carlos Miranda, operador de Sérgio Cabral, Edson Menezes prometeu pagar R$ 6 milhões pela folha de pagamentos. A quantia, de acordo com o “Globo”, foi paga metade em dinheiro e metade em vinho.

A investigação também mira a Fundação Getúlio Vargas.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes