Conectando o Amazonas

Maioria dos presidenciáveis ainda não tem vice; prazo termina dia 5


As convenções dos partidos acontecem até o dia 5 de agosto, data limite para as siglas anunciarem os seus candidatos. No entanto, segundo destaca o G1, a maioria dos postulantes à Presidência da República ainda não conseguiu um vice para disputar a eleição em outubro.

A data para anunciar os candidatos termina em quatro dias, e o prazo para registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) das chapas definidas até domingo é o próximo dia 15.

Veja os partidos já definidos:

PSOL (presidente Guilherme Boulos; vice Sonia Guajajara)

PSTU (presidente Vera Lúcia; vice Hertz Dias)

Democracia Cristã (presidente Eymael; vice Pastor Helvio Costa).

Os candidatos Ciro Gomes (PDT), Jair Bolsonaro (PSL) e Paulo Rabello de Castro (PSC) já foram oficializados por seus partidos como candidatos a presidente. Eles têm até domingo para definir um vice.

Geraldo Alckmin (PSDB), Henrique Meirelles (MDB), Lula, Manuela D’Ávila (PCdoB), Marina Silva (Rede) e Álvaro Dias (Podemos) ainda estão como pré-candidatos, aguardando oficialização das candidaturas no fim de semana. Eles também estão em busca de um vice.

Bolsonaro, Alckmin e Marina Silva já tiveram resposta negativa aos convites feitos para vice.

Jair Bolsonaro (PSL) - O senador Magno Malta (PR-ES) e o general da reserva Augusto Heleno (PRP) recusaram ser vice de Bolsonaro. Ele espera agora a resposta da advogada Janaina Paschoal (PSL).

Geraldo Alckmin (PSDB) - Recebeu um "não" do empresário Josué Gomes (PR), indicado pelo "Centrão".

Marina Silva (Rede) - O ator Marcos Palmeira (Rede) não aceitou ser candidato a vice na chapa de Marina Silva (Rede).


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes