Conectando o Amazonas

Santinhos somam 56% dos gastos com propaganda eleitoral; veja lista

Em suas campanhas, os candidatos ainda têm priorizado gastos com santinhos e adesivos. Segundo o jornal "Folha de S. Paulo", a propaganda impressa representa 56% das despesas específicas de divulgação declaradas ao Tribunal Superior Eleitoral, superando até o gasto com programas de TV.

Enquanto os candidatos declararam R$ 22,3 milhões em impressões e adesivos, o valor gasto com impulsionamento de conteúdo na internet é de R$ 1,1 milhão (perto de 3% do total com publicidade).

Até o momento, os candidatos declararam R$ 39,7 milhões em atividades relacionada a publicidade eleitoral. O valor total à disposição é de R$ 1,9 bilhão.

Saiba os gastos com publicidade nas eleições, conforme estimativa baseada nos 100 maiores fornecedores divulgados pelo TSE:

Materiais impressos - R$ 22,3 milhões

Programas de rádio e vídeo - R$ 13 milhões

Impulsionamento de conteúdos - R$ 1,1 milhão

Jingles, vinhetas e slogans - R$ 0,7 mil

Militância e mobilização de rua - R$ 0,7 mil

Páginas na internet - R$ 0,5 mil

Publicidade por jornais e revistas - R$ 0,4 mil

Eventos - R$ 0,4 mil

Carros de som - R$ 0,2 mil

Comícios - R$ 0,1 mil



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes