Conectando o Amazonas

Wilson Lima propõe desoneração para o setor de bares e restaurantes

O candidato da coligação “Transformação por um novo Amazonas”, Wilson Lima (PSC), participou, nesta terça-feira (18), do Diálogo UNECS (União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços), promovido em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/AM) com foco na simplificação das exigências do Estado para ampliar o ambiente de negócios. Entre as medidas do Plano de Governo para destravar o setor, Wilson Lima propôs a redução da carga tributária do ICMS em 2,5%.

“O segmento de bares, restaurante e afins tem grande relevância para o Estado em virtude do volume de empregos gerados e de ter ampla representatividade nos 62 municípios. A redução do ICMS cobrado de 3,5% para 1% propiciará uma queda nos encargos deste tipo de estabelecimento. A desoneração será concedida em contrapartida à contratação de jovem aprendiz, de pessoas com mais de 45 anos de idade e mulheres, arrimo de família. Desta forma, ampliaremos os ganhos das empresas e ainda aliviaremos a pesada taxa de desemprego que assola o Estado. Só no Distrito Industrial, mais de 30 mil postos de trabalho foram fechados nos últimos anos. Não dá mais!”, declarou Wilson Lima para os empresários.

Durante o encontro também foi abordada a questão da informalidade. O candidato do PSC declarou que suas ações no campo da economia serão direcionadas para aumentar o índice de formalização a fim de ampliar a base de arrecadação de impostos para o Estado sem elevar a carga tributária. “Atuaremos conjuntamente na Setrab, que tem um setor voltado para a constituição da primeira empresa e na Sefaz, cadastrando através da REDESIM, além de implementar políticas de ação fiscal de acompanhamento no sentido de combater a concorrência desleal.

O candidato salientou que trabalhará para resgatar a Suframa, que ao longo dos anos perdeu a autonomia em decorrência do cargo de superintendente ter se tornado eminentemente político. “Como governador do Amazonas, pretendo liderar uma campanha junto aos demais governadores do Norte do País de valorização desta autarquia, que perdeu a sua função vital: ser um indutor do desenvolvimento. Resgatando a independência da Suframa, teremos a chance de descontigenciar os recursos que serão empregados tanto para potencializar o modelo da Zona Franca de Manaus quanto promover investimentos nos demais Estado de atuação da Suframa (Acre, Amapá, Amazonas, Roraima e Rondônia)”, garantiu o Wilson Lima.

Os empresários da Abrasel, instituição presidida por Zeina Russo, reivindicaram apoio para a realização da Feira Internacional de Gastronomia (Figa). “Gastronomia, turismo e cultural são pilares do desenvolvimento que representam alternativas para a diminuição da dependência do modelo da Zona Franca de Manaus. Por meio da Amazonastur, iremos proporcionar os subsídios necessários para realização tanto do Figa quanto de outras iniciativas que atraiam os turistas, movimentem o consumo entre a população local e gerem recursos para o Estado”, afirmou o candidato do PSC.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes