Conectando o Amazonas

Presos fazem brinquedos para o Dia das Crianças

As crianças que forem visitar seus pais e parentes na Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI) neste fim de semana ganharão brinquedos produzidos e distribuídos pelos reeducandos daquele presídio, localizado a 170 km, em linha reta de Manaus. O trabalho é desenvolvido dentro do projeto “Pequeninos”, realizado pela Umanizzare Gestão Prisional, que faz a cogestão com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) em seis presídios estaduais.

Os brinquedos são produzidos com material reciclado pelos próprios detentos dentro do presídio. Os internos utilizam papelão, plásticos, garrafas pets entre outros materiais para produzirem as peças que serão presenteadas às crianças no seu dia. A produção rende aos presos do regime fechado ou semiaberto um abatimento na sua pena pelos dias e horas trabalhados, diminuindo o tempo da sentença.

De acordo com a psicóloga Patrícia Mendes Gonçalves, a confecção de brinquedos é uma ação que é desenvolvida todos os anos pelos reeducandos e oferece um momento único para as crianças que acompanham as visitas nas unidades prisionais a algum parente que teve a liberdade privada.

“O projeto pequeninos é uma continuação de uma atividade de confecção de brinquedos para a ação do dia das crianças, que teve acompanhamento da assistente social Ana Maria Bezerra”, disse a psicóloga.

A assistente social Ana Maria Bezerra disse que o momento é socioeducativo com os familiares e filhos dos internos, onde serão entregues os brinquedos. “O projeto promove a interação social, sem contar que os reeducandos que participam da atividade tem remição da pena. É um dos direitos assegurados na Lei de Execução Penal (LEP) conforme os artigos 31 e 41 da LEP”, disse Ana Maria Bezerra.

Para o interno Alessandro Ferreira, confeccionar os brinquedos faz com que os reeducandos tenham um momento de interação e construção coletiva, pois, todos se ajudam para que possam produzir os melhores itens de divertimentos para serem distribuídos no dia das crianças.

“Ganhamos a responsabilidade participando das ações que envolvem a família dentro da UPI”, disse o reeducando.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes