Conectando o Amazonas

Abrasel AM se reúne com governador eleito para buscar contribuições para o setor de alimentação fora do lar

Buscar novas parcerias e cada vez mais avanços ao setor de alimentação fora do lar. Esta foi a principal pauta abordada na tarde da última segunda-feira (19), pela presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) no Amazonas, Zeina Russo, que se reuniu com o governador eleito, Wilson Lima e o vice-governador, Carlos Almeida, além de outros 15 representantes do segmento do comércio do Estado. O encontro ocorreu na sala do Conselho de Recursos Fiscais da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), Zona Centro-Sul.

Assim como a Abrasel AM, representantes da Associação Comercial do Amazonas (ACA), Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo Amazonas (Fecomércio), Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDLM), Associação Amazonense de Supermercados (AMASE) e Sindicato da Indústria da Panificação falaram sobre os principais gargalos que dificultam a abertura de empresas e expansão dos negócios. Carga tributária, revisão da Margem de Valor Agregado (MVA), investimentos públicos em infraestrutura, segurança nas áreas comerciais foram os problemas destacados pelos empresários.

Para a presidente da Abrasel AM, Zeina Russo, a reunião é um marco da nova gestão. “Estamos nos sentindo honrados e acolhidos. Esta reunião foi muito proveitosa pois, todos os empresários estão sendo chamados para discutir suas dificuldades, trazer demandas e propostas para o novo governo”, disse ela colocando a associação à disposição do novo governo para contribuir com o setor de alimentação fora do lar.

O encontro serviu para balizar as atividades da Comissão de Transição relacionadas ao primeiro setor econômico em arrecadação do Estado conforme Mapa de Arrecadação publicado na página da Sefaz. O comércio foi responsável, no período de janeiro a agosto de 2018, pela arrecadação de R$ 2,98 bilhões.

Ao ressaltar a relevância de encontros com a classe empresarial, Wilson garantiu que está disposto a ouvir as demandas e colocá-las em análise para futuros projetos de Governo.

“Estamos construindo um projeto participativo, onde impera o diálogo. Vamos reunir com outros segmentos como a indústria, educação, área de saúde para que seja formatada uma gestão que atenda as reais necessidades do cidadão, que precisa de redução do custo dos alimentos, atendimento de saúde assim como de outras áreas que são de competência do estado com qualidade”, afirmou ele.

Durante a reunião, vários pontos foram levantados pelo setor para criar uma alternativa econômica para o Amazonas, como a importância da Biotecnologia, pesca esportiva, meio ambiente e turismo, assim como o desenvolvimento do interior.

Wilson Lima transmitiu a segurança aos empresários de que muitas demandas trazidas por eles já se encontram em debate, inclusive em âmbito nacional como o Fórum de Governadores, onde ele participou neste mês de novembro, em Brasília.

Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes