Conectando o Amazonas

Arábia Saudita pede pena de morte para cinco acusados no caso Khashoggi

Saud al-Mojeb, procurador-geral saudita, afirmou, nesta quinta-feira (15), que será recomendada a pena de morte para cinco dos 11 suspeitos acusados da morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi.

Aos jornalistas em uma coletiva de imprensa em Riade, citado pelo Guardian, ele disse que os suspeitos planejaram a morte no dia 29 de setembro, três dias antes deste ter sido morto dentro do consulado saudita na Turquia.

Os homens são acusados de terem drogado e desmembrado o jornalista dentro do consultado. o objetivo seria repatriar o dissidente. O procurador referiu que há 21 pessoas sob custódia das autoridades de momento, tendo 11 sido indiciadas pelo crime.

A Turquia tem culpado a Arábia Saudita pelo homícidio de Khashoggi, afirmando que o reino enviou um esquadrão assassino atrás dele. A investigação para encontrar os restos mortais de Khashoggi continua.


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes