Conectando o Amazonas

Bolsonaro diz a líder húngaro de direita que será 'grande parceiro'

O presidente eleito Jair Bolsonaro falou por telefone nesta segunda (19) com o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, e disse que pretende ser "grande parceiro" dele, segundo o jornal "O Globo".

"[A Hungria] é um país que sofreu muito com o comunismo no passado, é um povo que sabe o que é ditadura. O povo brasileiro não sabe o que é ditadura ainda, não sabe o que é sofrer na mão dessas pessoas. E ele [Orbán] está muito feliz com a nossa eleição e nós, com toda certeza, seremos grandes parceiros para o futuro", declarou Bolsonaro, em entrevista no Rio de Janeiro.

Segundo o jornal "O Globo", na conversa por telefone, Orbán sinalizou que estará presente à posse do presidente eleito, em 1º de janeiro, em Brasília.

Líder de direita, Orbán se destaca pelos discursos xenófobos e por medidas que isolam a Hungria da Europa. Em setembro deste ano, o Parlamento da União Europeia decidiu punir a Hungria por ignorar regras democráticas de maneira "persistente".

Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes