Conectando o Amazonas

Colega defende repórter 'bêbado': sequelas de sequestro na Síria

O jornalista espanhol Ángel Sastre virou notícia em diversos veículos de comunicação pelo mundo após uma entrada ao vivo pouco convencional para o canal Notícias Cuatro, da Espanha.

Sastre estava em Buenos Aires trabalhando na repercussão dos atos de violência envolvendo a final da Copa Libertadores da América e, ao ser acionado pelo apresentador de um programa de notícias, mostrou dificuldade tanto para se posicionar diante da câmera quanto para terminar as frases. O fato motivou piadas nas redes sociais e manchetes como "Jornalista embriagado faz ao vivo surreal para TV Espanhola", em Portugal, e "Bêbado ao vivo: caos da Copa Libertadores se estende até o Cuatro", na Espanha.

Em defesa de Sastre, o também jornalista Antonio Pampliega veio a público explicar que o colega sofre com as sequelas de um sequestro ocorrido na Síria, em 2015, pela Al Qaeda, enquanto cobria a guerra no país.

“Eu li os comentários de centenas de pessoas e é lamentável o linchamento público ao qual Ángel está sendo submetido. Ángel não está bem. É óbvio. Mas nenhum de nós está", disse Pampliega, que também esteve sequestrado em um total de 299 dias.

“Depois de tudo, eu também acelerei, perdi o controle de minha vida. Fiz centenas de coisas que vou me arrepender. Sinto muito, Angel. Me dói ver colegas de profissão ‘colocando ainda mais gasolina’ na situação delicada”.




Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes