Conectando o Amazonas

EUA podem deixar de negociar com Reino Unido, ameaça Trump

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se pronunciou, nesta segunda-feira (26), sobre a saída do Reino Unido da União Europeia. A declaração foi dada um dia depois de ter sido aprovado o 'divórcio', nesse domingo (25), em cimeira extraordinária em Bruxelas, na Bélgica.

De acordo com a Sky News, Trump sugeriu que os EUA podem ficar impossibilitados de negociar com o Reino Unido caso o 'brexit' - saída da União Europeia - aconteça.

Em declarações à imprensa internacional em Washington, o presidente abordou o tema poucas horas depois de Theresa May ter estado na Câmara dos Comuns, onde informou a aprovação formal, no domingo, em Bruxelas, do Acordo de Saída do Reino Unido da UE.

"Acho que temos de olhar seriamente para o fato de o Reino Unido sair da União Europeia, porque caso seja feito o acordo eles podem não ser capazes de negociar conosco", disse.

Donald Trump acrescentou ainda que "isso não seria um boa notícia" e "não acho que eles [Reino Unido] queiram isso. Não acredito que a primeira-ministra [Theresa May] tivesse essa intenção e espero que ela seja capaz de fazer alguma coisa em relação ao tema. Mas agora que o acordo está formalizado, o Reino Unido pode não conseguir negociar com os EUA. Seria um impacto negativo para o 'brexit'".

Em reação aos comentários de Trump, uma porta-voz da primeira-ministra disse que, de acordo com o acordo do 'brexit' existente, o Reino Unido poderá assinar acordos comerciais. Aliás, a mesma fonte frisou ainda que o governo britânico já está a "preparando terreno" para um acordo comercial "ambicioso" com os EUA.

Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes