Conectando o Amazonas

Genética médica é tema de congresso em Manaus


Manaus se transformará na capital nacional dos debates sobre genética médica entre os dias 14 e 16 deste mês. Especialistas de todo o Brasil desembarcam na cidade para a sétima edição do Congresso Norte Nordeste de Genética Médica (CONNEGEM), onde serão apresentados os principais avanços na área. O evento será realizado no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, localizado na Avenida Constantino Nery, Zona Centro-Sul.
O Congresso promoverá a troca de conhecimento entre profissionais com experiência no cenário nacional e aqueles que atuam nos serviços regionais. Na lista de palestrantes, estão especialistas renomados do Ceará, Bahia, Maranhão, Sergipe, Rio Grande do Norte, Amazonas, Pará, Acre, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.

A programação terá abordagem de temas como “Defeitos Congênitos da Diferenciação Sexual”, “Deficiência Intelectual e TEA”, “Aconselhamento Genético em Oncogenética”, “Triagem Neonatal”, “Displasias Esqueléticas”, “Genética Populacional”, “Doenças Neurogenéticas do Diagnóstico ao Tratamento”, “Cuidados Paliativos”, “Novos Rumos da Genética Médica”, entre outros.

A médica geneticista e coordenadora do congresso, Vânia Prazeres, destaca que o evento será uma importante oportunidade de atualização para os profissionais que atuam na área. “É a primeira vez que o Amazonas recebe um evento desta natureza. Os participantes poderão trocar experiências e estabelecer colaborações importantíssimas para a evolução da genética médica no país”, afirma.

A genética médica é uma especialidade que realiza avaliação clínica, diagnóstico, tratamento e aconselhamento genético de indivíduos e famílias com diversos tipos de afecções, assim como suporte e consultoria para outras especialidades médicas e demais profissões da saúde.

Preservando o caráter multidisciplinar da área, o congresso é aberto para as diversas especialidades médicas e não médicas que atuam na atenção à saúde em genética, tais como pediatras, neurologistas, ortopedistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, biólogos, biomédicos, entre outros.

Doenças raras

A programação do CONNEGEM ainda inclui a realização do III Simpósio Sobre Doenças Raras do Amazonas e do I Encontro das Associações de Pessoas com Doenças Raras do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, nos dias 13 e 15, respectivamente.

Os eventos são voltados para acadêmicos e profissionais da saúde, além de pacientes e familiares de pessoas com doenças raras. O objetivo é debater questões como diagnóstico precoce e preciso, qualificação de profissionais e criação de uma infraestrutura adequada que garanta o acesso a medicamentos e tratamentos seguros.

As doenças raras são aquelas que possuem baixa ocorrência, afetando, no máximo, 65 pessoas a cada grupo de 100 mil indivíduos. De acordo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem aproximadamente 8 mil tipos de doenças raras, sendo 80% de origem genética. Elas são caracterizadas por uma ampla diversidade de sinais e sintomas, que não só variam como podem ser muito parecidos com os de outras enfermidades, dificultando ainda mais o diagnóstico. Estima-se que 13 milhões de brasileiros têm algum tipo de doença rara, segundo estudo feito pela Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma).

O acesso ao simpósio e ao encontro será gratuito. Já a participação nas demais palestras, mesas-redondas e conferências que integram o CONNEGEM é exclusivo para os profissionais e acadêmicos inscritos. O valor é de R$ 250 para médicos associados à Sociedade Brasileira de Genética Médica e Genômica (SBGM), R$ 350 para médicos não sócios, R$ 180 para outros profissionais sócios e R$ 200 para outros profissionais não associados. Para os estudantes e residentes, o valor da inscrição é R$ 100. Mais informações no site:www.connegem2018.com.br.


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes