Conectando o Amazonas

Primeiro dia de fiscalização na faixa exclusiva para o transporte coletivo ocorre com tranquilidade

O primeiro dia de fiscalizações do uso das faixas exclusivas para o transporte coletivo e veículos autorizados nas avenidas Constantino Nery, Torquato Tapajós e Mario Ypiranga Monteiro ocorreu com tranquilidade, sem o registro de ocorrências, segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

Nas primeiras horas deste sábado, 24/11, agentes de trânsito ainda presenciaram condutores de automóveis de passeio tentando utilizar a faixa, mas no decorrer do dia, os agentes constataram que os motoristas obedeceram a sinalização, cujo retorno teve a aprovação de motoristas e passageiros de linhas de ônibus que circulam por essas grandes vias.

Para o motorista da linha 640, Francisco Carvalho, 44, a faixa exclusiva garante mais segurança e rapidez, tanto para os condutores do transporte coletivo quanto para os usuários. “Sem essa prioridade, os motoristas dos carros tomam atitudes perigosas como ultrapassagens bruscas, que colocam em risco a vida de todos. Com a faixa, fazemos uma viagem mais tranquila, menos estressante e em um tempo muito menor”, ressaltou.

Segundo o estudante de engenharia Leandro Miguel, 23, os cidadãos que dependem do transporte coletivo são os principais beneficiados com o retorno da faixa exclusiva. “Eu pego ônibus todo dia. Então, com o retorno da faixa exclusiva, posso chegar em casa muito mais rápido. Até porque as avenidas onde as faixas estão instaladas, são de grande movimento na cidade”, explicou.

A intenção, conforme a Prefeitura de Manaus, é reduzir o tempo de viagem para mais de 400 mil usuários do transporte coletivo. “É importante respeitar a faixa. A fluidez do transporte coletivo, do transporte de massa, é o que prevalece no plano de mobilidade. Então, estamos garantindo a facilidade para que as pessoas consigam chegar no seu destino”, avaliou o diretor de fiscalização do Manaustrans, Stanley Ventilari, presente neste sábado na avenida Constantino Nery para acompanhar o fluxo na via.

Funcionamento

Conforme a sinalização instalada ao longo das avenidas, a faixa exclusiva funciona de segunda a sexta-feira, de 4h às 22h, e aos sábados, de 4h ao meio dia. Aos domingos e feriados, a faixa fica liberada para todos os veículos. O condutor que circular fora dos horários e dias permitidos comete infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Nos dias e horários de funcionamento, a faixa exclusiva deve ser utilizada por ônibus, táxis, veículo especial/fretamento, veículos de transporte de tropa e equipamento bélicos das forças armadas, veículos guincho em efetivo serviço de remoção, veículos de urgência, emergência e operacionais, devidamente identificados.

As faixas estavam liberadas para todos os veículos desde março devido às obras executadas na avenida Djalma Batista. Desde o dia 13 deste mês, a prefeitura realizou um trabalho educativo para alertar motoristas de outros veículos sobre a circulação nas áreas com prioridade de transporte coletivo.

Fotos: Altemar Alcântara

Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes