Conectando o Amazonas

Cabo da Policia Militar desenvolve projeto social para crianças e adolescentes carentes no bairro Novo Israel

Repassar bons valores, mostrar a importância da disciplina e orientar as crianças para um futuro melhor. Estes são alguns dos objetivos do projeto Campeões para Vida, que usa as aulas de Jiu-Jítsu e MMA para aproximar os jovens de uma melhor vida social.

A ação é desenvolvida há mais de um ano e três meses na Delegacia de Polícia 18° DIP Situado no bairro Novo Israel Zona norte de Manaus, com aulas ministradas pelo Cabo da Polícia Militar, S Belém de 30 anos. O policial é faixa preta em Luta Livre e faixa marrom em Jiu-Jítsu o qual luta desde os 18 anos e seu professor foi o Mestre Totonho de Petrópolis.

Cabo Belém, que passou pelo batalhão de Choque e foi transferido para o bairro Novo Israel, sentiu a necessidade de fazer o projeto. "Fui Campeão Amazonense, Vice-Campeão Mundial e Vice-Campeão Brasileiro", destaca.

- O projeto constitui uma maneira eficaz de aproximação das crianças e adolescentes com a PM, de modo que constitui uma atividade complementar a escolar, sendo uma ação preventiva que tem por fim, evitar o envolvimento dos menores com o crime, sobretudo o trãfico de drogas -, destaca Belém.

Todas as aulas são gratuitas. O policial militar utiliza seus horários de folga para instruir os jovens atletas. O projeto LUTAR e VENCER - Integração e Cidadania Através do Esporte recebe crianças com idades entre 6 e 18 anos; todos precisam ser matriculados nas escolas públicas e comprovar frequência.

Mais que um espaço para treinamentos, o Projeto Lutar e Vencer se tornou uma espécie de segunda casa para os participantes. Segundo Belém, o seu maior orgulho é ver os alunos reunidos, ansiosos para o início de cada aula.

"Tenho certeza de que ajudaremos muito mais pessoas. Acho que temos que pensar nos jovens como um todo e só assim teremos a chance de melhorar as perspectivas do mundo de modo geral", disse o PM.

O objetivo é formar atletas, fazendo com que os alunos possam participar de campeonatos futuramente, e estreitar os laços entre a comunidade e a Polícia Militar. A comunidade participa do projeto.

Os sábados são para pessoas adultas, já a semana é destinada aos jovens e adolescentes. "Cobro a assiduidade nas escolas em que estudam, nosso projeto humaniza e já regenerou vários jovens. Já temos até Campeão Mundial", enfatizou o policial militar.

"Na época fiz o projeto e apresentei para o comandante da unidade para poder termos o espaço, infelizmente não temos apoios do Governo e nem da Prefeitura para poder termos um andamento melhor. Mas agradeço ao Coronel Vinícios que sempre esteve pronto a ajudar, esse projeto é totalmente social, não tem mensalidade eu sempre abdico das minhas folgas para dar aula para meus alunos. Tenho paixão por ensinar o que sei e logo o resultado aparece", disse.

Exemplo disso é do Lutador Daniel Garcia que foi campeão na Modalidade K1; Vanniny Farias Campeã na modalidade 70 kilos MMA, e a revelação Jennye Reis que foi Campeã da categoria 57 kilos MMA e consagrou-se com o cinturão.

"Sou policial militar há 9 anos, eu sempre tive a vontade de seguir o militarismo. Meu pai foi do Exército. Várias vezes eu já me senti desmotivado pela falta de apoio e graças aos meus alunos, eu não desisti. Eles me dão força", disse o militar emocionado.

Segundo ele, vai ter o Campeonato Amazonense e, sem ajuda, é muito difícil. Por isso o militar tem que recorrer a venda de rifas para promover esses eventos, e o que falta, ele tira do seu próprio salário, pois tudo é uma questão de logística para poder levar os atletas e também ajudar na sua alimentação.

O cabo também enfatizou que não pode deixar de agradecer aos professores Jefferson Santos e o Mestre David, que tem o ajudado no Projeto.

Todos os dias tem aula:

Muay Thai - de 17h ás 18h
Luta Livre - de 18h ás 19h

Para ajudar o PROJETO LUTAR e VENCER, você pode ligar para o número (92) 98448-0751 - Cabo Belém.

Seja um padrinho deste belíssimo projeto ajudando estes Campeões!!!!







Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes