Conectando o Amazonas

Campanha antirrábica vai imunizar 234 mil animais em Manaus

Com a meta de vacinar 234.329 animais, a Prefeitura de Manaus lançou nesta quinta-feira, 13/12, a Campanha de Vacinação Antirrábica Animal 2018. Devem ser imunizados, ao todo, 170.421 cães e 63.908 gatos da zona urbana da cidade. Na zona rural, a campanha já foi encerrada com a vacinação de 12.606 animais.

O lançamento foi realizado pelo secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto, e pelo secretário municipal de Saúde (Semsa), Marcelo Magaldi, na unidade móvel do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) posicionada no Shopping Phelippe Daou, na zona Leste. A ação contou, ainda, com a presença da vereadora Joana D'arc.

“A Prefeitura de Manaus tem cumprido o seu papel de promover ações de saúde para a população, bem como aos animais. Podemos observar que a cidade cresceu muito desde 2013, quando o prefeito Arthur Virgílio Neto assumiu, e vamos continuar avançando. Não podemos permitir que os animais sejam maltratados e nem abandonados. Por isso, estamos trabalhando em conjunto com o legislativo”, destacou Bisneto.

A metodologia de trabalho da campanha será a mesma de anos anteriores, com as equipes de vacinadores fazendo visita de casa em casa. O CCZ mantém a vacina antirrábica para cães e gatos disponível durante todo o ano. A campanha é mais uma estratégia para garantir que a população animal de Manaus seja imunizada de maneira ampla, facilitando o acesso ao serviço.

“Manaus não registra raiva humana há mais de 20 anos e nós temos protegido nossos animais, assim como protegemos toda a população. É importante destacar que na gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto muito foi feito em prol da saúde dos animais. Acabamos com as filas que haviam nos CCZs para realização de castração e vamos fazer novos agendamentos a partir de janeiro”, informou o secretário da Semsa, Marcelo Magaldi.

A psicóloga Cláudia Cabral resgatou o pequeno ‘Tedy’ do Centro, e hoje ele vive sob seus cuidados com mais dois outros cachorros. “Quem realmente ama os animais, cuida. E esse cuidado engloba essa questão da vacinação. Eu acho muito importante o trabalho do CCZ quanto a preservação da saúde do animal, assim como do seu dono”, declarou.

“Quero parabenizar a Prefeitura de Manaus e espero que possamos traçar um novo caminho pelo bem dos animais”, completou a vereadora Joana D'arc.

Campanha

A campanha será executada por 175 vacinadores, contratados por meio de Processo Seletivo, que estarão em atividades de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, e aos sábados, das 8h às 12h. Podem ser vacinados cães e gatos com mais de 90 dias de vida e que apresentem boas condições de saúde. A vacina antirrábica tem validade de um ano e faz parte das ações de vigilância, prevenção e controle de zoonoses que a Prefeitura de Manaus desenvolve na rotina de serviços do CCZ.

Caso os proprietários não estejam em casa no momento da visita dos vacinadores, poderão procurar a vacina nos postos fixos. Um deles está instalado na própria sede do CCZ, na avenida Brasil, Compensa, zona Oeste, e o outro na unidade móvel estacionada no Shopping Phelippe Daou, na avenida Camapuã, Jorge Teixeira, zona Leste. Os dois postos fixos funcionarão de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16h30, e aos sábados, das 8h às 11h30.

Segundo o Diretor do CCZ, Francisco Zardo, apesar da cidade não registrar ocorrências desde 1988, é importante sempre intensificar as vacinas. “A raiva é uma doença viral com 100% de letalidade. Ainda que seja uma campanha voltada à vacinação de animais, nossas ações de vigilância, prevenção e controle visam, claro, impedir ocorrências em humanos. Temos conseguido manter o município livre da raiva e faremos de tudo para que esse controle só se intensifique", reforçou.

Na Campanha de Vacinação Antirrábica de 2017, o CCZ vacinou 244.520 animais em Manaus, sendo 182.287 cães e 62.233 gatos.

Zoonose

A raiva é uma doença infecciosa viral aguda que acomete mamíferos, inclusive o homem. É considerada uma zoonose, ou seja, é uma doença que pode ser transmitida dos animais para o homem e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda, letal em aproximadamente 100%.

É transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio da mordedura, mas também pela arranhadura e/ou lambedura desses animais. A vacinação anual de cães e gatos é uma medida eficaz de prevenção da raiva nesses animais e, consequentemente, da raiva humana.


Foto: Nathalie Brasil / Semcom



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes