Conectando o Amazonas

Em workshop, profissionais do handebol conhecem funcionalidade do TJD/AM

Clubes, dirigentes, atletas, árbitros e o público em geral participaram neste sábado, 15/12, do 1º Workshop do Handebol, na Escola Regional de Justiça Desportiva (ERJD). A programação foi realizada no Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD/AM), bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul da cidade.

O objetivo do encontro é para que todos os envolvidos na modalidade saibam da funcionalidade do TJD, mas principalmente disciplinar o handebol pelos profissionais que trabalham no desenvolvimento do esporte.

O ciclo de palestras contou com temas como: Organização da Justiça Desportiva; a Justiça Desportiva e a entidade de Prática Desportiva (EPD); a Justiça Desportiva e o Atleta; a Justiça Desportiva e o Árbitro; a Justiça Desportiva e a Comissão Técnica e a Procuradoria de Justiça.

Segundo o presidente da Liga de Handebol do Amazonas (Liham), Auricélio Andrade, depois de firmado oficialmente a parceria com TJD recentemente, é importante que todos conheçam toda estrutura organizacional da entidade legislativa do desporto.

"A palestra foi sobre como funciona o tribunal, o que diz a lei desportiva brasileira para atletas, clubes, dirigentes e árbitros. É fundamental que todos estejam cientes do trabalho realizado pelo tribunal e das possíveis penalidades que possam sofrer daqui por diante. Já estamos pensando na temporada do ano que vem", explicou Auricélio.

"A nossa ideia é cada vez mais moralizar a modalidade, sendo que essa parte disciplinar vem também do tribunal, porque a entidade não é para punir, mas sim disciplinar o handebol. Não queremos punir clubes, atletas e nem árbitros, mas queremos que todos tenham disciplina", disse.


Foto: Assessoria TJD/AM


Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes