Conectando o Amazonas

Governo do Amazonas anuncia ajuda humanitária às vítimas do incêndio

Por determinação do governador Amazonino Mendes, o Governo do Estado criou uma força-tarefa para auxiliar as 500 famílias vítimas do incêndio, ocorrido na noite de segunda-feira (17/02), no bairro Educandos, zona sul de Manaus. O Governo do Amazonas disponibilizará para cada família, inicialmente, um cheque no valor de R$ 900, além de cestas básicas de alimentos, kits de higiene e de dormitório.

A força-tarefa, que atua desde a noite de ontem, reúne as secretarias de Segurança Pública (SSP-AM), Assistência Social (Seas), Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Justiça e Cidadania (Sejusc), e as Polícias Militar e Civil, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil do Amazonas.

“Primeiramente, a gente quer registrar, com grande pesar, que fomos acometidos por essa tragédia, terrível, horrível, que infelicitou centenas de famílias e que nós nos apressamos em prestar o melhor socorro possível, dentro das nossas limitações. Vamos atuar num esforço concentrado para amenizar o sofrimento dessas pessoas", disse Amazonino Mendes.

O governador anunciou ainda que cerca de 300 pessoas vítimas do incêndio que já foram contempladas com crédito solidário, por meio do programa Renda Certa, uma ação do FPS em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), terão o financiamento anistiado.

“Eu fui informado agora pela manhã pela Afeam, que, no local do sinistro do incêndio, houve 300 operações de crédito para pessoas humildes, simples, que dentro do nosso programa de governo tiveram acesso a crédito pela Afeam. Determinei à Casa Civil elaborar uma mensagem de lei para que seja encaminhada à Assembleia Legislativa, para isentar, dispensar essas famílias (do pagamento do crédito)”, anunciou o governador.

Governo Federal - De acordo com o secretário da Defesa Civil do Amazonas, Fernando Pires, por determinação do governador do Estado, Amazonino Mendes, o órgão entrou em contato o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua de Deus Andrade, e com o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, e os dois se colocaram à disposição para dar apoio ao Amazonas.

Cheque - O secretário da Defesa Civil do Amazonas informou que as 500 famílias passarão por cadastro, para depois receber o cheque no valor de R$ 900. Atualmente, 150 famílias estão abrigadas em unidades educacionais, igrejas, e 350 em casas de familiares.

“Esse é o trabalho imediato para que a gente possa amenizar os danos causados por aquelas famílias. A preocupação do Governo é em assistir as famílias por conta dessa situação que ocasionou esse desastre. O cheque é para trazer uma ajuda com relação aos danos e prejuízos causados às famílias. Esse cheque vai trazer alento para as famílias que perderam fogão, botija de gás”, declarou o gestor.

Força-tarefa - A secretária de Assistência Social e presidente do Fundo de Promoção e Erradicação da Pobreza (FPS), Mônica Mendes, informou que há uma equipe de prontidão realizando todo o atendimento às vítimas e destacou os esforços das secretarias para amenizar o sofrimento das vítimas.

“Existe uma parceria, um esforço concentrado, da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Assistência Social do município e do estado, da Sejusc, para que, neste primeiro momento, as famílias sejam atendidas na questão emergencial”, comentou.


Foto: Bruno Zanardo/SECOM



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes