Conectando o Amazonas

Ponte em Gênova será reconstruída a partir de março de 2019

A prefeitura de Gênova, na Itália, anunciou nesta sexta-feira (7) que a reconstrução da Ponte Morandi, cujo desabamento matou 43 pessoas em agosto, será iniciada a partir do dia 31 de março do próximo ano. "O projeto de demolição é feito para que eles possam começar a reconstruir [a ponte] em 31 de março de 2019", disse o prefeito Marco Bucci, depois de entregar o projeto de demolição à promotoria. O plano da prefeitura é iniciar o processo de demolição no próximo dia 15 de dezembro. Ao todo, a planta de restauração do novo viaduto foi assinada por 10 empresas.

"É um projeto sólido. É o que queremos. Estou convencido de que em 15 de dezembro iremos começar a quebrar", explicou Bucci, ressaltando que a destruição ocorrerá por meio de um "mix de desmontagem mecânica e uso de explosivos".

Segundo o prefeito de Gênova, a parte ocidental da ponte será "desmantelada através da retirada de peça por peça, enquanto a parte do lado leste será demolida com o explosivo".

O processo de reconstrução da ponte Morandi ainda resultará na demolição de pelo menos 100 apartamentos, além de deixar 256 casas desabrigadas. O restauro deve ser finalizado no primeiro semestre de 2020.

O colapso do viaduto ocorreu no último dia 14 de agosto e deixou 43 mortos. As causas do desabamento ainda estão sendo investigadas. (ANSA)



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes