Conectando o Amazonas

Professora de Turismo da UEA é indicada para receber Ordem do Mérito Legislativo

A professora Selma Paula Maciel Batista, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), que ministra aula na faculdade de Turismo, receberá a Comenda “Ordem do Mérito Legislativo”, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na próxima quinta-feira (13), por indicação do deputado estadual Adjuto Afonso (PDT). A solenidade acontecerá a partir das 17h, no auditório Belarmino Lins, na Aleam.

Ela, que coordena o Observatório do Turismo UEA, foi uma das vencedoras recentemente do Prêmio Nacional de Turismo, do Ministério do Turismo (MTur), categoria “Academia”. No entanto, a indicação para a Comenda foi feita antes do prêmio pelo parlamentar, que tinha conhecimento do trabalho realizado pela professora direcionado também à área social.

“A Casa Legislativa também tem esse papel de reconhecer os profissionais que contribuem de forma significativa para o nosso Estado. São de suma importância as pesquisas que a professora Selma vem desenvolvendo, não apenas em relação ao projeto que lhe garantiu uma honraria nacional, mas, ainda, por ser uma defensora e militante em defesa do Igarapé do Mindu, lutando pela qualidade do ambiente de Manaus, por estar se preparando para lançar uma Plataforma Web de dados sistematizados com informações das atividades características do turismo no Amazonas, e outras atribuições. Fico feliz em ter a oportunidade de homenageá-la”, destacou o deputado.

A professora revelou que ficou bastante emocionada quando recebeu a notícia de que seria homenageada pela Casa Legislativa, e declarou ter assumido o compromisso, há 12 anos, de defender o lugar que escolheu para morar. “É relevante para validar o trabalho que estamos fazendo, acaba sendo um indicativo de que estamos no caminho certo, buscando trabalhar com excelência para que os nossos alunos tenham essa excelência no mercado de trabalho. Sobretudo, também, eu tenho filhos amazonenses, e quando eles nasceram, pra mim foi um compromisso que eu assumi de estar cuidando dessa Amazônia, desse bioma, para eles, para os filhos deles. Então, preservar a floresta, tratar as águas, cuidar das pessoas, a gente tem esse compromisso como cidadã amazonense e ainda que eu não seja eu tenho esse compromisso porque eu tenho dois frutos que foram gerados aqui”, declarou a homenageada.

A professora Selma é idealizadora do projeto piloto Roteiro Inclusivo no Bosque da Ciência/INPA, para a pessoas surdas, com uso do aplicativo “Giulia Mãos que Falam”, visando a promoção do turismo inclusivo, em parceria com a Map Innovation. O projeto é desenvolvido como pesquisa de iniciação científica, com o discente Thiago Pereira de Souza.

Com o uso do aplicativo, será possível produzir um ambiente virtual com descrição em Liibras para amostra de 12 atrativos. A experiência inédita ocorreu com alunos surdos da Escola Estadual Augusto Carneiro, em julho de 2018; e, em março de 2019, estará disponível para visita auto-guiada pela pessoa surda.



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes