Conectando o Amazonas

Polícia Civil recupera joias e relógios furtados no bairro Tarumã e prende idoso envolvido no crime

A Polícia Civil do Amazonas prendeu em flagrante Francimar do Nascimento Elias, 61 anos, envolvido no furto de R$ 150 mil em objetos, entre joias e relógios, subtraídos de uma casa em um condomínio no bairro Tarumã, zona oeste da capital.

A prisão foi realizada ao longo de segunda-feira (18/02), por meio da equipe de investigação da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), sob o comando dos delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, respectivamente titular e adjunto da unidade policial,

Conforme as autoridades policiais, ao longo das diligências as equipes prenderam, ainda, Humberto Mendes da Silva, 26, conhecido como “Gordo”, e o colombiano Wbeimar Alexander Hernandez, 41, pela receptação dos bens furtados. O trio foi apresentado durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça-feira (19/02), às 11h30, no prédio da Delegacia Geral, bairro Dom Pedro, zona centro-oeste.

Na ocasião, Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, acompanhados do delegado-geral adjunto da instituição, Orlando Amaral, forneceram detalhes sobre as investigações em torno do caso. “Iniciamos as diligências após recebermos informações do furto, ocorrido no último domingo (17/2), em uma residência no bairro Tarumã. Do imóvel Francimar e um comparsa, que está sendo procurado pela polícia, levaram diversas joias, relógios e R$ 6 mil em espécie”, pontuou o titular da Derfd.

De acordo com Torres, os policiais civis analisaram as imagens captadas por câmeras de segurança instaladas no imóvel e identificaram Francimar como um dos envolvidos. Durante os trabalhos, as equipes localizaram e prenderam o infrator na casa onde ele estava morando, no bairro São José Operário, zona leste de Manaus.

“Francimar é considerado um velho conhecido da polícia, por isso imediatamente identificamos ele. Esse infrator já tem um histórico de quase 40 anos na vida criminosa. Ele é um indivíduo de alta periculosidade, que tem se especializado nesses furtos. Verificamos, durante consulta ao site do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM), que atualmente Francimar já responde a cinco processos criminais, por roubos e furtos cometidos”, declarou o titular da Derfd.

Receptadores - Conforme o delegado Demetrius Queiroz, após a prisão de Francimar a equipe de investigação da Derfd conseguiu chegar até Humberto e Wbeimar, que são ourives, em posse de alguns bens subtraídos da casa. “Gordo” foi preso pelos policiais civis no bairro São José Operário e o colombiano na avenida Floriano Peixoto, bairro Centro, zona sul da cidade. Ao todo, as equipes conseguiram recuperar 33 joias e 18 relógios, que serão devolvidos ao proprietário do imóvel.

“Tivemos êxito em recuperar quase todo o material furtado, vendido a Humberto e Wbeimar. Daremos continuidade às ações até recuperarmos o restante dos objetos que foram levados. Também pretendemos, em breve, localizar e prender o comparsa de Francimar, que agiu junto com ele no furto, para que ele possa responder pelo crime cometido”, disse Queiroz.

Flagrante - Francimar foi autuado em flagrante por furto qualificado. Já Humberto e Wbeimar irão responder por receptação qualificada. Ao término dos procedimentos cabíveis, eles serão levados para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.


Fotos: Lana Honorato/PC-AM





Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes