Conectando o Amazonas

Prefeitura esclarece bolsistas do Programa Bolsa Universidade acerca de direitos e deveres

A Prefeitura de Manaus concluiu nesta quarta-feira, 13/2, o cronograma de palestras de integração dos bolsistas do programa Bolsa Universidade que ingressaram no último processo seletivo, realizado entre dezembro e janeiro deste ano.

Com o objetivo de esclarecer os novos beneficiários acerca de seus direitos e deveres no programa, as reuniões foram realizadas na sede da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), vinculada a Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad), localizada na avenida Professor Nilton Lins, Parque das Laranjeiras, bloco D da Universidade Nilton Lins, zona Centro-Sul.

O secretário da Semad, Lucas Bandiera, afirma que é fundamental que o bolsista conheça seus direitos e deveres segundo a legislação do programa, evitando faltas que possam prejudicá-lo e até culminar no seu desligamento por descumprimento. “Conforme as orientações do prefeito Arthur Neto, estamos reforçando as ações da Espi/Semad para oportunizar ao bolsista mais conhecimento a respeito as regras dos programas de inclusão socieducacional da Prefeitura de Manaus”, frisa.

Segundo a diretora-geral da Espi/Semad, Stela Cyrino, é a primeira edição em que o Bolsa Universidade disponibiliza palestras para os beneficiários do programa. “Antes a integração era realizada junto à entrega da documentação. Nesta edição, os classificados saíram com o encaminhamento para realizar a matrícula na instituição e também com uma data para comparecer à palestra. É o momento para aprender as normas e tirar todas as dúvidas”, explica.

Bolsista de biomedicina contemplada no último processo seletivo, Gabrielle Finkler, 19, declara que a legislação do programa é uma novidade e que a palestra de integração foi esclarecedora. “A palestra tirou várias dúvidas minhas e me deixou mais atenta na questão das advertências”, relata.

Aplicativo

Entre as regras do programa, pontua Cyrino, o beneficiário deve sempre manter seu cadastro atualizado regularmente no Portal do Bolsista, participar dos projetos de contrapartida quando convocado, apresentar-se às entrevistas sociais realizadas regularmente. “Além disso, gera desligamento do programa a reprovação de mais 50% das disciplinas do curso e a omissão de informações ou a apresentação de informações inverídicas ao Portal”, observa.

Para facilitar o acesso do bolsista aos portais do Bolsa Universidade, Bolsa Idiomas e Bolsa Pós-graduação, a Espi/Semad deve lançar no próximo mês os Portais do Bolsista em aplicativos para celular. “Os aplicativos estão em desenvolvimento. Estimamos o lançamento dos portais do bolsista para celular já em março, o que vai facilitar o acesso contínuo a informações importantes aos beneficiários dos programas”, garante Stela Cyrino.

Fotos: Louise Batista / Semad




Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes