Conectando o Amazonas

Romarinho marca dois e Naça vence Princesa

Constelação, assim foram os jogadores do Nacional FC, na noite desta quarta-feira (20), após brilharem em campo e vencer o líder do Barezão, Princesa do Solimões, por 2 a 1. O Naça chegou a abrir 2 a 0, mas no segundo tempo, o Tubarão diminuiu com Binho. Romarinho balançou as redes duas vezes e garantiu mais três pontos e o segundo lugar na tabela de classificação.

Na próxima rodada, o Leão da Vila encara o Fast, no sábado (23), às 15h, na Arena da Amazônia.

O jogo

O Naça entrou em campo com desfalques que preocupavam o técnico Aderbal Lana. Ele revelou que tinham poucas armas para montar um time competitivo, mas com certeza soube usar as que estavam ao seu alcance.

O Leão da Vila começou com posse de bola, aos 7 minutos Fabinho arrisca e ela passa próximo do gol de Ferrari. Em seguida, Binho do Princesa assustou André Regly, dando o primeiro chute a gol. Em seguida, aos 8 minutos, após Fabinho insistir em jogada individual e lançar Romarinho que se adiantou a Ray, driblou a zaga e não desperdiçou, tocou de direita, na saída do goleiro Ferrari. Nacional 1 x 0 Princesa do Solimões.

No minuto seguinte, Binho cobra falta e ela passa. Aos 12 minutos, Romarinho toca para Paulinho que chega na grande área, onde encontra Bernardo, ele chuta e ela sai raspando pela esquerda.

Com domínio de bola e passes rápidos, o Nacional não dava oportunidade para o adversário jogar. Randerson foi quem mais arriscou, mas o Leão era superior.

Aos 24 minutos, Deurick carrega ela, chega na entrada da pequena área, toca para Ray que devolve e o zagueiro cabeceia, mas sai para fora, por pouco.

Nos dois lances seguintes, o goleiro do Naça, André Regly se agiganta e impede o gol do Princesa. Tiago Amazonense cobra falta e ela vai parar nas mãos do goleirão. O mesmo acontece quando Thiago Bino também bate, André sai bem e joga ela bem longe. Termina o primeiro Nacional 1 x 0 Princesa

Segundo tempo

As duas equipes voltam iguais para a segunda etapa. Mas não demora para o técnico Marcos Piter mexer, sai Toró e entra Jonas. O objetivo era pressionar o Naça, mas o ‘tiro’ saiu pela culatra. Aos 10 minutos, Fabinho rouba a bola, sai jogando da entrada da grande área, arranca, deixa dois marcadores para trás e encontra Romarinho com faro aguçado que coloca ela no fundo da rede e corre para o abraço. Nacional 2 x 0 Princesa.

Marcos Piter mexe novamente, sai Thiago Bigo para a entrada de Rodrigo.

Aos 22 minutos, Paulinho esperto, pega o rebote e marca o terceiro, mas o bandeirinha marca impedimento de Ray, no lance anterior, anulando o gol.

Substituições, no Princesa, sai Baé e entra Koffi, no Naça, sai Matheus e entra Israel..

Aos 37 minutos, Binho recebe cruzamento de Rafael Vieira e de cabeça diminui para o Princesa.

Nos lances seguintes, o Princesa teve uma sequência de posse de bola, chegou a pressionar o Naça, mas em nada influenciou no resultado.

Lana ainda mexeu no Naça, sai Jonas e entra Victor, em seguida, sai Fabinho e entra João Pedro.

Termina o jogo e o Naça venceu o Princesa do Solimões por 2 a 1

NACIONAL FUTEBOL CLUBE

Técnico: Aderbal LanaAndré Regly, Paulinho, Jordan, Deurick, Felipe, Bernardo, Matheus (Israel), Fabinho (João), Ray, Jonas (Victor) e Romarinho

PRINCESA DO SOLIMÕES

Técnico: Marcos Piter
Ferrari, Dedezinho, Pastor, Rodolfo B, Jr. Baé (Koffi), Rafael Vieira, Thiago Bigo (Rodrigo), Tiago Amazonense, Binho Silva, Randerson e Toró (Jonas).

ARBITRAGEM: Walter Francisco Nascimento, Uesclei Regison Pereira dos Santos e Elivane Trindade da Costa
PÚBLICO: Presente: 887 Renda R$ 5.810



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes