Conectando o Amazonas

Polícia Civil prende dupla investigada por roubos na capital

A Polícia Civil do Amazonas, representada pela delegada Marna de Miranda, titular do 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP), falou, na tarde desta quinta-feira (07/03), durante coletiva de imprensa realizada às 14h30, no prédio da unidade policial, sobre o cumprimento de mandados de prisão preventiva por roubo em nome de Erisson Ribeiro de Souza, 27, conhecido como “Rato Branco”, e Marcos André Pardo do Monte, 32.

Conforme a autoridade policial, a dupla foi presa em lugares distintos da capital, durante operação deflagrada pela equipe do 27º DIP, na manhã desta quinta-feira (07/03). “Erisson estava sendo procurado por roubo a uma casa e Marcos por roubo a um mercadinho. A ordem judicial em nome de Marcos foi expedida no dia 26 de fevereiro deste ano, pelo juiz Glen Hudson Paulain Machado, no Plantão Criminal. Já o mandado de prisão em nome de Erisson foi expedido no dia 28 de fevereiro deste ano, pelo mesmo juiz”, informou.

Marcos foi preso na casa dele, situada na rua Joinville, bairro Novo Aleixo, zona norte da capital. A delegada informou que Marcos, em depoimento, assegurou que ele atuou sozinho no dia do roubo a um mercadinho no bairro Novo Aleixo, no dia 16 de fevereiro deste ano. Ele afirmou que entrou no estabelecimento comercial e, em posse de uma arma de fogo, que ainda não foi localizada, anunciou o roubo e subtraiu toda a renda do caixa, além do celular da proprietária do estabelecimento.

Organização Criminosa - A titular do 27º DIP disse que Erisson foi localizado no bairro São José Operário, zona leste da capital. Conforme a delegada, “Rato Branco” é um dos quatro envolvidos em roubo a uma residência situada na rua Itapuã do Oeste, no bairro Novo Aleixo, ocorrido no dia 13 de fevereiro deste ano. No dia da ação criminosa, os infratores ficaram monitorando a casa da vítima, do sexo feminino. Quando perceberam que a moradora estava sozinha, invadiram o imóvel e a renderam.

“Na ocasião, os infratores trancaram a moradora em um dos cômodos e subtraíram do imóvel joias, relógios, celulares e uma bolsa com mercadorias avaliadas em R$ 8 mil. O material oriundo da prática ilícita foi dividido entre eles. Erisson integra uma organização criminosa especializada em roubos a residências. O grupo era formado por sete pessoas. Daremos continuidade às diligências até prendermos todos esses elementos”, declarou a delegada.

Marna de Miranda relatou, ainda, que o bando planeja os delitos após receber informações privilegiadas de pessoas que estiveram nos imóveis para fazer algum tipo de serviço e avisam sobre a condição financeira e rotina dos moradores dos locais. A autoridade policial fez um alerta à sociedade para que tenha mais cautela ao contratar qualquer tipo de trabalho oferecido por pessoas desconhecidas.

Disque-Denúncia - A titular do 27° DIP disponibiliza à população o número do disque-denúncia da unidade policial: (92) 99371-8145, para que sejam repassadas informações sobre os demais infratores que fazem parte dessa organização criminosa que Erisson integra. “Delações devem ser feitas por meio de mensagens, utilizando o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp. A identidade do denunciante será preservada”, garantiu.

Indiciamento: Na delegacia foi constatado, em consulta ao Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp), que Erisson já responde a processos por homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Marcos e “Rato Branco” foram indiciados por roubo. Ao término dos procedimentos cabíveis no 27º DIP, eles serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde irão ficar à disposição da Justiça.


Fotos: Erlon Rodrigues/Assessoria PC-AM



Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes