Conectando o Amazonas

Na final: Naça vence Princesa e disputa final do segundo turno contra o Manaus FC

É final que fala? Sim, é final! O Nacional Futebol Clube lutou bravamente e mostrou que com garra e o amor incondicional de sua torcida é capaz de ir muito além do que podem prever. Neste domingo (07), o Leão da Vila encarou o Princesa do Solimões, no estádio Ismael Benigno, a Colina, em partida que valia uma vaga na final do segundo turno. O elenco nacionalino não decepcionou, fez o dever de casa e aplicou 2 a 1 no adversário. Léo Mineiro e Ray fizeram para o Naça, e Binho, de pênalti, descontou para o Tubarão.

Na próximo quarta-feira (10), o Mais Querido encara o Manaus FC, o duelo vale uma vaga na grande final do Campeonato Amazonense. Quem vencer, Leão ou Gavião, encara o Fast, campeão do segundo turno.

O jogo

O Naça jogava em casa com apoio de sua torcida, mas os torcedores do Princesa do Solimões não mediram esforços e enfrentaram 98,2 km até a capital Manaus para ver o Tubarão em cena.

O Leão estava com fome de gol, tanto que aos 2 minutos, Romarinho sofreu uma falta, Léo Mineiro bate cobrindo o goleiro Ferrari que se antecipa e o Naça abre o placar.

André Regly bem postando consegue fazer uma defesa espetacular e impedindo a bomba de Tiago Amazonense.

O Naça, estava sedento por gol, no lance seguinte, Romarinho arrisca da entrada da área, mas Ferrari, desta vez, consegue fazer grande defesa.

Aos 22 minutos, Mineiro sentiu a coxa esquerda e o técnico azulino, Aderbal Lana, mexe, Mineiro sai para entrada de Paulinho Brasília.

O jogo fica equilibrado, as duas equipes estavam bem postada e as chances de gols surgem de ambos os lados. Cobrança de falta à favor do Naça, Paulinho, cobra e bola sai raspando o travessão para o alvoroço das torcidas.

Com direito de jogada ensaiada, toque cruzado de Paulinho dentro da área, sobra para Ray que amplia para o Mais Querido. Após uma disputa de bola, o juiz marcou falta para o Naça e acabou amarelando, Rodolfo, Thiago Bigo e Koffi. Sobrou até para o goleiro reserva do Tubarão, Matheus Melo, que foi expulso. Do Nacional a dupla de zaga, Deurick e Jordan também recebram cartão amarelo. O primeiro tempo termina com muitas faltas e as duas equipes exaltadas.

Segundo tempo

Na volta do intervalo, entra Lacraia no lugar de Jr. Baé e Randerson com saída de Thiago Bigo, no Princesa do Solimões.

O jogo começou pegado, com lances seguidos, Paulinho e Paulinho Brasília, arriscaram, mas o goleiro Ferrare defende

O jogo esquenta e o Tubarão veio com mais gás, Tiago Amazonense finaliza dentro da pequena área e ela para fora. Aos 16 minutos, o juiz marca pênalti para o Princesa e Binho vai para a cobrança, Regly, até caiu para o lugar certo, mas não conseguiu segurar. Naça 2 x 1 Princesa.

O Princesa acorda para o jogo e pressiona a equipe azulina, mas, aos 28 minutos, Felipe Eduardo, pega, ajeita e bate, mas Ferrari atento defende.

Os ânimos começaram a exaltar entre Rafael Vieira e Paulinho. Os dois pegam cartão amarelo. O Naça continua mostrando sua força, Jonas que entrou no lugar de Léo Mineiro, recebe de Matheus e era uma grande chance de marcar mais um para o Leão, mas zaga tira.

O jogo esquentou bastante, muitas faltas, entradas duras e mais um cartão amarelo, desta vez, para Randerson.

No minutos finais, mais uma chance de gol, passe de Ray dentro da área que encontra Romarinho, o atacante mergulha de cabeça, mas inacreditavelmente a bola desvia e sai pela linha de fundo.

Nos acréscimos, o clima esquentou, rolou muita discursão e amarelou para o lado de Pastor, do Princesa, e Jonas do Nacional, o árbitro para evitar que os nervos aflorassem mais, aplicou o vermelho em Randerson.

O jogo termina, Nacional 2 X 1 Princesa do Solimões.

Ficha técnica

Nacional Futebol Clube

André Regly, Paulinho, Jordan, Deurick, Mineiro (Paulinho Brasília), Bernardo, Felipe Eduardo, Fabinho (Matheus), Ray, Léo Mineiro (Jonas) e Romarinho.

Princesa do Solimões Esporte Clube

Ferrari, Nego, Pastor, Rodolfo, Koffi, R. Vieira, Thiago Bigo (Randerson), Tiago Amazonense, Binho, Edinho Canutama (Jonas), Jr. Baé (Lacraia).




Postar um comentário

 
Copyright © Chefão da Notícia. Templates Designed by OddThemes